Nim


2 comentários:

  1. Até há uns aninhos atrás costumava perguntar porque as pessoas não me ligavam a convidar para coisas, depois apercebi-me que eu também nunca ligo a ninguém e comecei a convidar todas as pessoas que conhecia para tudo. Agora separei o trigo do joio e tenho as amigas certas nos momentos certos e quando não me apetece afasto-me. Os certos percebem, os outros não são certos. E quanto ao amor, esse vem na altura certa, quando não se procura ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Difícil não sentir a falta...questionamos-nos do nosso valor, se agimos de forma certa, se deveríamos ser diferentes e mais iguais aos 'outros', aqueles que costumo designar por 'roda no ar'. Olho em volta e apercebo-me de uma certa injustiça e custa-me a aceitar que algumas coisas estão a passar-me ao lado. Depois percebo que o erro é meu, por exigir demais de mim e dos outros, por desconfiar demais das boas intenções, por erguer barreiras.
      Não procuro mas gostava de o encontrar...acho que está na altura de acertar no euromilhões ;)

      Eliminar