Grande poeta o Bocage

Recebi por e-mail um poema de nosso grande Bocage que não quis deixar de partilhar convosco. Uma linguagem recambulesca no entanto tão natural que não deixa de ter piada. Grande poeta este Bocage, sabedoria do povo!
(Aconselho os mais sensíveis a não lerem o post :p )

Amigo:

Quando os olhos cansam,
as pernas dançam,
as peles crescem,
os colhões descem,
o nariz pinga
e a piça minga…
deixa-te de bazófias,
que a missão está finda.

Aos 20 anos, casado,
não te faltando energia,
podes dar, atesoado,
duas fodinhas por dia.

E aos 25, com gana
e robustez natural,
dando sete por semana,
não te deve fazer mal.


Mas aos 30 tem cuidado,
e vai poupando o tesão,
fode na cama, deitado,
só dia sim, dia não.

E aos 35, pensa
que deves ser mais prudente,
passa a foder por avença,
fode bi-semanalmente.

E aos 40, já não
deves meter-te em folias:
para não perderes o tesão,
fode de oito em oito dias.

Aos 50 marca passo,
embora te cause pena,
fode mais a compasso,
uma só vez por quinzena.

E aos 60, é rara vez
em que se apruma o cacete,
dá uma fodinha por mês,
alternada com minete.

E aos 70, toma tacto!
Não penses mais em mulheres!
Corta a piça e dá ao gato
ou leva no cú se quiseres.

Bocage

*Obrigada RR :)

6 comentários:

  1. Só posso dizer que... sinto-me velho!

    ResponderEliminar
  2. É a trajetória da vida. Real e deve ser vivida. Acho que para cada etapa descrita estaremos com a cabeça a acompanhar as evoluções. Beijinhos carinhoso. Manoel Eduardo - Brasil.

    ResponderEliminar
  3. Isto é engano... não é do Bocage, é do Poeta Aleixo :):)

    ResponderEliminar
  4. conheço alguém que está mortinha por chegar aos 60... :p lololol isto sim é poesia... ;)

    * não tem k agradecer siiii :)bj

    R

    ResponderEliminar
  5. Ah grande poeta!!
    Quem "fala" assim não é gago.
    Ehehe...

    ResponderEliminar
  6. Como bocage, não há nenhum!

    ahahah... grande poeta português!

    ResponderEliminar