Acredita

"Sê feliz, mesmo que a vida não te pareça querer sorrir.
Esboça um sorriso, mesmo que tenhas vontade de chorar.
Ama tudo e todos, mas não te esqueças também de te amar.

A vida pode ser grandiosa, mesmo que em nosso redor só vislumbremos pequenez.
O Universo é imensamente infinito, assim como podem ser as obras que te dispuseres a realizar, para isso basta que te armes de coragem, assumindo teus ideais e tudo em que acreditas.
Os limites não existem, é tua mente que te limita.
Permite que seja teu coração a comandar, e verás todo o teu SER ser rodeado daquilo que intitulas de milagres, mas acredita de que esses milagres nada mais serão do que a tua capacidade de acreditar. E poderás ser capaz de criar tudo quanto permitires-te acreditar.

Não esmoreças se acaso um de teus sonhos não sobreviveu para além da tua imaginação, lembra-te, que porventura possas não ter acreditado nele tanto quanto o deverias de ter feito. Ou, talvez tivesses deixado que o medo te dominasse ao ponto de te fazer duvidar.

Para que um castelo se possa manter de pé, terá de possuir alicerces bem estruturados, assim como materiais de boa qualidade, e nenhum de seus arquitectos duvidou de sua obra, pelo contrário a planearam com todo o cuidado e atenção.
As maiores obras são aquelas que advêm do interior de teu coração, ficarão melhor providas de fortes alicerces se as cuidares com atenção consciente e as rodeares de verdadeiro amor.
O trabalho árduo tarde ou cedo dará seus frutos. Quanto mais amor te permitires dar, tanto mais doces serão os frutos que terás para colher.

QUANDO ACREDITAS, TUDO SE TORNA POSSIVEL!"

Fonte: www.universodeluz.com
“Por termos sido educados a viver em medo, somos muito rápidos a formar opiniões, juízos e a tirar conclusões sobre os outros. É a forma que encontrámos para nos defendermos deles.”

José Micard Teixeira em “Aprenda a Viver sem Medo”

Forever Young

Quando me faltam palavras, exprimo-me por música...



Let's dance in style, lets dance for a while
Heaven can wait we're only watching the skies
Hoping for the best but expecting the worst
Are you going to drop the bomb or not?

Let us die young or let us live forever
We don't have the power but we never say never
Sitting in a sandpit, life is a short trip
The music's for the sad men

Can you imagine when this race is won
Turn our golden faces into the sun
Praising our leaders we're getting in tune
The music's played by the mad men

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...
Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever? Forever, forever...

Some are like water, some are like the heat
Some are a melody and some are the beat
Sooner or later they all will be gone
why don't they stay young

It's so hard to get old without a cause
I don't want to perish like a fleeing horse
Youth's like diamonds in the sun
and diamonds are forever

So many adventures couldn't happen today
So many songs we forgot to play
So many dreams swinging out of the blue
We let them come true

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...
Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever, forever, forever...

Forever young, I want to be forever young
do you really want to live forever?

Youth Group

Como adoro esta música...Apreciem



Adeus, não afastes os teus olhos dos meus

Quando dormes
E te esqueces
O que ves
Tu quem és
Quando eu voltar
O que vais dizer?
Vou sentar no meu lugar

Adeus
Nao afastes os teus olhos dos meus
Isolar para sempre este tempo
É tudo o que tenho para dar

Quando acordas
Porque quem chamas tu?
Vou esperar
Eu vou ficar
Nos teus braços
Eu vou conseguir fixar
O teu ar
A tua surpresa

Adeus
Não afastes os teus olhos dos meus
Eu vou agarrar este tempo
E nunca mais largar

Adeus
Não afastes os teus braços dos meus
Vou ficar para sempre neste tempo
Eu vou, vou conseguir para-lo
Vou conseguir para-lo

Vou conseguir

Adeus
Não afastes os teus olhos dos meus
Vou ficar para sempre neste tempo
Eu vou conseguir para-lo
Eu vou conseguir guarda-lo
Eu vou conseguir ficar

David Fonseca

Serei mesmo a única a viver o tormento do Domingo?
Estou cansada, hoje chorei...
Podia ter guardado mais um pouco o que sinto
Conter-me no meu sofrimento e descansar,
mas não... hoje chorei.

Estou cansada, hoje lembrei-me...
de ti, de mim, de nós
confesso que não o queria
mas estavas lá...e chorei.

Estou cansada, hoje queria-te...
não por saudade, nem por egoismo
recordei-me do teu olhar
revoltei-me contra ti ...e chorei

Estou cansada, de ti...
não olhas para trás
não olhas para mim
não te lembras do meu olhar
não te recordas do meu sorriso...
e como poderias?...eu por ti, chorei.

Ataque a Manula Moura Guedes




ADOREI!!! Finalmente alguém com "colhones" para colocar Manuela Moura Guedes na linha. Haja bom jornalismo feito com imparcialidade e sem julgamentos e opiniões.
Melhor do que isso só mesmo o termo "jornalismo transvestido" utilizado por nosso primeiro ministro José Sócrates relativamente ao jornal da TVI de sextas à noite!

I did it MY WAY...



And now the end is near
And so I face the final curtain
My friend, I'll say it clear
I'll state my case of which I'm certain

I've lived a life that's full
I traveled each and every highway
And more, much more than this
I did it my way

Regrets, I've had a few
But then again, too few to mention
I did what I had to do
And saw it through without exemption

I've planned each charted course
Each careful step along the byway
And more, much more than this
I did it my way

Yes there were times, I'm sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all when there was doubt
I ate it up and spit it out

I faced it all and I stood tall
And did it my way

I've loved, I've laughed and cried
I've had my fill, my share of losing
And now as tears subside
I find it all so amusing

To think I did all that
And may I say, not in a shy way
Oh no, oh no, not me
I did it my way

For what is a man, what has he got?
If not himself, than he has naugth
To say the things he truly feels
And not the words of one who kneels

The record shows, I took the blows
And did it my way

Frank Sinatra

Na continuação das piadas

Às portas da morte...

Uma senhora de meia-idade teve um ataque de coração e foi parar ao hospital.
Na mesa de operações, quase às portas da morte, vê Deus e pergunta:
- Já está na minha hora?
Deus responde:
- Ainda não. Tens mais 43 anos, 2 meses e 8 dias de vida.
Depois de recuperar, a senhora decide ficar no Hospital e fazer uma
lipoaspiração, algumas cirurgias plásticas, um facelift,...
Como tinha ainda alguns anos de vida, achou que poderia ficar ainda
bonita e gozar o resto dos seus dias.
Quando sai do Hospital, ao atravessar a rua, foi atropelada por uma
ambulância e morreu.
A senhora, furiosa, ao encontrar-se com Deus, pergunta-lhe:
- Então eu não tinha 40 anos de vida? Porque que é que não me
desviaste do caminho da ambulância?
Deus responde:
- Eras tu?! Olha, nem te reconheci...

Obrigada Elisabete :)

Piadas secas...como eu gosto :)

Recebi por e-mail do meu compincha RR, intitulado as piores piadas do mundo! Ups..não achei! Aqui vão..cuidado!

Qual é a única comida que liga e desliga?
- O Strog-On-Off.

O que é que um tomate diz para o outro?
-Tomatas-me

O que é que um tubarão diz para o outro?
-Tubaralhas-me

O que é que uma impressora diz para a outra?
-Essa folha é tua ou é impressão minha?

Diz a massa para o queijo:
- Que maçada!
Responde o queijo:
- E eu ralado!

Sabem quando é que os americanos comeram carne pela primeira vez?
- Foi quando la chegou o cristovão co-lombo

No hospital, diz o médico:
- O senhor é o dador de sangue?
- Não, eu sou o da dor de cabeça!

Dois litros de leite atravessaram a rua e foram atropelados.Um morreu, o
outro não, porquê?
- Por que um deles era Longa Vida.

Porque é que o elefante não pega fogo?
- Porque ele já é cinza.

O que é que a galinha foi fazer na igreja?
- Assistir à Missa do Galo.

Como é que as enzimas se reproduzem?
- Fica uma enzima da outra.

Por que o galo canta de olhos fechados?
- Porque ele já sabe a letra da música de cor.

O Batman pegou no seu bat-sapato social e no seu bat-blazer. Onde ele foi?
- A um Bat-zado.

Como é que o Batman faz para que abram a bat-caverna?
- Ele bat-palma.

Por que é que na Argentina as Vacas vivem a olhar para o céu?
- Porque tem 'Boi nos Ares'!

Para que servem óculos verdes?
- Para verde perto.

Para que servem óculos vermelhos ?
- Para vermelhor.

Por que a mulher do Hulk se divorciou dele ?
- Porque ela queria um homem mais maduro.

Já conheces a piada do fotógrafo?
- Ainda não foi revelada.

Como se fala top-less em chinês?
- Xem-chu-tian. (esta matou-me!)

Sabes qual a diferença entre uma lagoa e uma padaria ?
- Na lagoa há sapinho, e na padaria 'assa pão'.

O que é que um cromossoma fala pró outro?
- Cromossomos bonitos!
E pronto... :D

Hoje é dia de luto nacional..ah pois é!!

Recebi ontem um e-mail sobre o luto nacional pela morte da dignidade dos políticos a realizar-se dia 22 e 23 de Maio, ou seja, hoje e manhã.
O proposto é todos vestirem uma peça de roupa preta, camisa ou blusa ou na falta de um desses elementos colocar um lenço preto no braço ou pescoço. Ou melhor ainda, colocar um pano preto à janela!
Passo a citar o que continha o e-mail:

" Isto vai ser um sinal de repúdio à palhaçada que virou a política. Demonstre a sua indignação em todas as cidades! Não tenha vergonha de participar. Devemos ter vergonha de assistir à bandalheira de boca fechada e mãos atadas como um povo ignorante que não sabe como protestar!"

E porquê? Que os políticos não têm dignidade isso já todos sabemos e se for para vestir luto por isso vamos andar diariamente de negro. Esta iniciativa tem como base a lista de aposentados com pensões de luxo e que pode ser consultada em http://www.cga.pt/publicacoes.asp?O=3 . São dados relativos a 2005 e 2006 com aumentos nos anos seguintes como podemos imaginar. São na realidade dados vergonhosos de pensões de valor astronómico que nos deixa perplexos com a cara de pau de nossos políticos em nos perdir calma e contenção em altura de crise.

De qualquer das formas, hoje vesti uma blusa preta! :)

Vamos conhecer Sagitário

O mundo não seria tão divertido se não existissem os sagitarianos. Donos de um sentido de humor enorme, são capazes de fazer qualquer um animar-se em qualquer situação. Vêm o lado alegre e belo da vida
e podem animar as pessoas contando as suas aventuras mesmo num velório, a não ser que seja do seu melhor amigo e o sagitariano considera todos assim. Nenhuma figura mitológica representa tão bem o Sagitário como o centauro, metade homem, metade cavalo. De um lado um ser racional que filosofa sobre a vida e faz de tudo para que a lei seja obedecida, e do outro lado um ser tão abrutalhado que é capaz de arranjar uma briga e fazer cadeiras voar para todos os lados. É...eles são um pouco escandalosos, exagerados e estabanados. Extremamente francos, sempre prezam a verdade, mesmo que ela seja inadequada para o momento ou que os faça passar por inconvenientes em algumas situações. Sempre prontos a conhecer coisas novas da vida, eles esperam que todos tenham essa mesma disposição. Aventureiros e livres que são, é impossivel segura-los quando decidem viajar e conhecer outros mundos. Sagitarianos são eternos gozadores mesmo quando discutem. Assistir a uma briga sua é o mesmo que assistir a uma comédia italiana com tiradas geniais e um humor ferino terrivel antes de começarem a voar pratos e cinzeiros. Depois disso são capazes de chamar o adversário, todo arrebentado, para tomar uma cerveja e esquecer as diferenças, desde que a sua opinião tenha sido a aceite. Eles acham-se donos da verdade e discutem horas só para convencer as pessoas do seu ponto de vista. Conhecem um pouco de tudo o que os torna aptos para viver de qualquer coisa, muitas vezes de forma "provisória". Dinheiro...como gastam dinheiro!! Consumistas por natureza, não conseguem conter o seu impulso de comprar qualquer coisa, uma de cada cor e de cada modelo. Mas eles têm sorte e sempre arranjam dinheiro.
São óptimos estes seres de Sagitário. E não é para menos: quem rege este signo é nada mais nada menos que Júpiter, o maior planeta do sistema solar, Zeus para os gregos, deus dos deuses. São tão bons e violentos como ele. Ser amigo do Sagitário é ser melhor amigo dele mesmo que você não queira. Crédulos e ingenuos, costumam se decepcionar com aquele seu melhor amigo que conheceu numa viagem no último final de semana e que pediu dinheiro emprestado e não recebeu de volta.
Ardente como ninguém e romântico como ele só, quando um Sagitário ama envolve-se de tal maneira que parece que está a viver novamente a história de Romeu e Julieta juntando a isso uma boa dose de prazer e erotismo. Desde cedo que o sagitário percebe que sexo e amor caminham juntos, amando como um adolescente para toda a vida. Adora criar um clima antes de uma relação e busca sempre novas forma de satisfazer o ser amado. Dificilmente se relaciona apenas por atracção física e sempre colocará uma boa dose de sentimento nisso. Metade humano, o amor dele começa pela cabeça e por uma boa conversa mas termina com ele usando totalmente a sua outra metade animal.
Já tentou domar um cavalo selvagem? Essa será sua tarefa se quiser ter ao seu lado este ser livre e solto que é Sagitário. Estar ao lado de Sagitário e chamar a sua atenção vai requerer um bom fôlego e paciência. Disposto a manter a sua liberdade e uma vida cheia de aventuras, o Sagitário vai interessar-se por pessoas dinâmicas e alegres e que em hipotese alguma demonstrem mau humor ou cultivem monotonia. Cheio de sonhos e fantasias e com uma cultura geral ampla e uma mente filosofica, tagarela como ele só, vai adorar conversar horas e horas e sobre a vida, sobre o sentido de estar neste mundo.
Sagitários fazem amizades muito facilmente. É uma necessidade constante que têm em ter amigos aos quais possam passar as suas informações e descobertas, e um bom motivo para andarem em bando como tanto gostam. Fiéis e generosos, os sagitarianos costumam tratar qualquer pessoa com que tenha trocado uma simples palavra como se fosse um amigo de muito tempo. Amáveis e cordiais eles são amigos, companheiros e quase irmãos e sempre conta com você para o que der e vier. Animados e entusiastas estão sempre incentivando e levantando o astral. Mas prepare-se: eles são muito eufóricos e por conta disso podem cair em depressão profunda facilmente. Tira-los de lá pode ser uma tarefa impossível. Quando estiver a desistir de ajuda-los, quanto menos se espera, lá vêm eles a galope como cavalos, todos felizes e alegres. Tristeza foi ontem, hoje é um novo dia. Haja paciência com estes sagitarianos. Mas vale a pena. E como vale!
Tenho dito!

Preguiça e coisa e tal...

Tem dias que não me sinto minimamente inspirada para escrever seja o que fôr, nem tão pouco procurar imagens ou músicas que falem por mim. Seja como for, garanto-vos que todos os dias visito os blogues que sigo e procuro novos deixando sempre que possivel um ou outro comentário.

São coisas da preguiça..bem tento combate-la mas é mais forte que eu...

Prometo que assim que a inspiração me atacar escrevo meia dúzia de barbaridades!
Beijos e abraços

Mimo/Desafio

Yellow...cá estou novamente. Recebi um mimo com desafio do amigo Swadharma do blog Chizendo.
Obrigada, adorei saber que gostas do meu cantinho! Retribuo o miminho sem sombra de dúvida, também gosto muito do que escreves.

Com este mimo vêm regras e eis:

1. Publicar a imagem do selo e linkar o blog que o passou (já cá está)
2. Escolher 5 situações da vida que mereciam ser repetidas em slow motion e explicar porquê.
3. Passar o desafio e o selo a 12 blogs. (isso é mais difícil)

Ora bem, aqui vai:

Existem milhentas situações da minha vida que gostaria de repetir em câmara lenta ou em modo normal…escolher 5 de entre tantas e ter cuidado para não falar em nada chocante...eis um desafio!!! Estou a brincar!!!
Sou por natureza uma pessoa romântica e apesar de redundante os momentos especiais que não me importava de repetir em slow motion dizem respeito a assuntos do coração.

Adorei quando me apaixonei pela primeira vez e tive a certeza que seria um grande amor. Foram alguns anos até o desenrolar de tudo, não foi correspondido logo de início, deu uma certa luta mas se pudesse viveria alguns desses momentos só para recordar como foi bom.

Os momentos de carinho e cumplicidade que partilhei, nos quais o mundo parava e nada mais existia. Tal como aquele momento que antecede um tão esperado beijo…o aperto gostoso que provoca no peito pela ansiedade…viveria isso vezes sem conta.

A primeira vez que me disseram “Amo-te” e me deram a mão. A certeza de que era verdadeiro. Nesse momento senti que nada no mundo me poderia magoar porque estava bem e feliz.

Saber que depois de alimentar uma esperança por alguém especial esse sentimento era correspondido, e mesmo sem nos conhecermos desejarmos o mesmo. O nosso primeiro contacto no qual tive a certeza que quando queremos muito algo, acaba por se tornar realidade. Repetir vezes sem conta aquele olhar que chamava por mim e que entretanto desapareceu.

Aqueles momentos de autênticas gargalhadas ou de boas conversas entre amigos que nos apetece que nunca terminem e nos fazem sentir parte de algo especial.

Aceitem o desfio meus caros amigo. Com mil desculpas mas ainda não tenho 12 blogues...vergonhoso talvez, mas a culpa não é minha, para além de ser selectiva e a minha lista ser pequena, muitos blogues que gosto já receberam o desafio.

Blog do Óbvio – Manoel Eduardo
Pretextos para fugir do real - Elisabete
Saltos Altos vermelhos - Saltinhos
Bessos

Olha olha quem ela é!!!

Lá estava ela na Queima das Fitas no Porto. Claro que tinha que tinha que ser em frente à barraca do ISMAI para matar saudades!
Um amor esta rapariga. :p

Gosto desta música! Nasty..!!



She work it girl, she work the pole
She break it down, she take it low
She fine as hell, she about the dough
She doing her thing out on the floor
Her money money, she makin
Look at the way she shakin
Make you want to touch it, make you want to taste it
Have you lustin' for her, go crazy face it

She's so much more than you're used to
She know's just how to move to seduce you
She gone do the right thing and touch the right spot
Dance in you're lap till you're ready to pop

She always ready, when you want it she want it
Like a nympho, the info, I show you where to meet her
On the late night, till daylight the club jumpin'
If you want a good time, she gone give you what you
Want

(Refrão)
Baby you're so new age, you like my new craze
Let's get together maybe we can start a new phase
The smokes got the club all hazy, spotlights don't do
You justice baby
Why don't you come over here, you got me saying

Aayooh
I'm tired using technology, why don't you sit down
on top of me?

Aayooh
I'm tired using technology, I need you right in
Front ... of me

In her fantasy, there's plain to see
Just how it be, on me, backstrokin', sweat soaking
All into my set sheets
When she ready to ride, I'm ready to roll
I'll be in this bitch till the club close
What should I do, one thing on all fours
Now that that shit should be against the law
Different style, different move, damn I like the way you move
Girl you got me thinking about, all the things I do to you
Let's get it poppin' shorty we can switch positions
From the couch to the counters in my kitchen

Baby it's a new age, you're like my new craze
Let's get together maybe we can start a new phase
The smokes got the club all hazy, spotlights don't do you justice baby
Why don't you come over here, you got me saying

Aayooh
I'm tired of using technology, why don't you sit down on top of me
Aayooh
I'm tired of using technology, I need you right in front of me

(2x) Ooh, she wants it, uh uh, she wants it
Ooh, she wants it, uh uh (soo), I got to give it to her

Baby it's a new age, you're like my new craze
Let's get together maybe we can start a new phase
The smokes got the club all hazy, spotlights don't do you justice baby
Why don't you come over here, you got me saying

Aayooh
I'm tired of using technology, why don't you sit down on top of me
Aayooh
I'm tired of using technology, I need you right in front of me

Grande poeta o Bocage

Recebi por e-mail um poema de nosso grande Bocage que não quis deixar de partilhar convosco. Uma linguagem recambulesca no entanto tão natural que não deixa de ter piada. Grande poeta este Bocage, sabedoria do povo!
(Aconselho os mais sensíveis a não lerem o post :p )

Amigo:

Quando os olhos cansam,
as pernas dançam,
as peles crescem,
os colhões descem,
o nariz pinga
e a piça minga…
deixa-te de bazófias,
que a missão está finda.

Aos 20 anos, casado,
não te faltando energia,
podes dar, atesoado,
duas fodinhas por dia.

E aos 25, com gana
e robustez natural,
dando sete por semana,
não te deve fazer mal.


Mas aos 30 tem cuidado,
e vai poupando o tesão,
fode na cama, deitado,
só dia sim, dia não.

E aos 35, pensa
que deves ser mais prudente,
passa a foder por avença,
fode bi-semanalmente.

E aos 40, já não
deves meter-te em folias:
para não perderes o tesão,
fode de oito em oito dias.

Aos 50 marca passo,
embora te cause pena,
fode mais a compasso,
uma só vez por quinzena.

E aos 60, é rara vez
em que se apruma o cacete,
dá uma fodinha por mês,
alternada com minete.

E aos 70, toma tacto!
Não penses mais em mulheres!
Corta a piça e dá ao gato
ou leva no cú se quiseres.

Bocage

*Obrigada RR :)

Rui Veloso na Queima das Fitas....WOW!

Sábado último fui à queima das fitas no Porto ver Rui Veloso. Adoro as músicas deste senhor. Desde sempre que disse que gostaria de ir ve-lo ao vivo, e apesar de já ter tido milhentas oportunidades para o ver, inclusivé sem pagar nada, nunca fui. Eis que surge a oportunidade de pagar 14 euros por um bilhete da queima, um exagero diga-se de passagem, e ir ver a actuação deste Sr. rei do rock português. Xiiiii!!!! Não, não, não...Rui Veloso para animar uma queima das fitas é erro crasso! Por muito que gostemos das músicas, a malta que se reune no queimódromo não quer morrer a olhar para o palco! Apesar de já ter entrado um bocado tarde, ainda tive a oportunidade de ver alguma coisa da actuação dos Per7ume e a malta estava animada. Julguei mesmo que no final, visto terem cantado a música "Intrevalo", seria uma dica para a entrada de Rui Veloso em cena...qual quê?! Ficamos uns bons 20 minutos à espera da entrada em palco. Alguns ainda gozavam com a situação e diziam estarmos à espera dos U2! Mas logo de início foi a morte do artista e do público! Eram mais os que se encontravam em conversas paralelas do que própriamente a apreciar o concerto. Fraco, muito fraco. Nada de animação, tudo mesmo tendencialmente acústico e nem mesmo o "Chico Fininho" fez milagres. Sem qualquer sombra de dúvida que Rui Veloso só mesmo em espaço fechado e de preferência com umas mesinhas e umas bebidas fresquinhas!
Rui...já sabes, para o ano junta-te à malta nas barraquinhas dos shots!

Ora diga outra vez...PIPABAQUIGRAFO

PIPABAQUIGRAFO...a quantidade de vezes que, em pequena e na brincadeira, repeti esta palavra sem ter qualquer noção do que quereria dizer e para que servia, um estado de ignorância que se estende até aos dias de hoje. Quando queriamos dizer palavras grandes e difíceis esta era uma delas e confesso que precisei de procurar no google para ter a certeza como era escrita correctamente, no entanto, não encontrei o significado!!

Elas odeiam-me!

Existem algumas questões existenciais com as quais perco tempo precioso a reflectir, outras que penso de vez enquando e algumas, felizmente em menor número, que, ou não penso ou pergunto a alguém! E se neste momento partilho convosco acho que sabem qual é a opção a que me refiro. Aqui vai:
Conheço algumas pessoas que vejo de vez enquando (e já são muitas vezes) que sei pelos olhares, comentários e demais situações que simplesmente não simpatizam com minha pessoa, pura e simplesmente porque não lhes apetece! Não faço mal a uma mosca, podem crer que é mais pura das verdades. Tenho um feitio um tanto ao quanto difícil, sou sincera, mas só quem priva comigo o conhece por isso também não é o caso. No entanto essas pessoas cismaram que não haveriam de gostar de mim sem qualquer motivo aparente, sem sequer saber se sou gorda ou magra. O mais engraçado são as amigas das amigas, e quem diz amigas diz amigos, que por simpatia vão na mesma onda, alguns deles com os quais já privei numa idade mais tenra e que inclusivé brincamos juntos.
Existe um caso em específico de uma rapariga que até consigo entender que sinta qualquer coisa esquisita em relação aqui à jovem pois é actual namorada de um ex meu, mas o odio que fomenta desde o dia em que apenas soube o meu nome é incrível arrastando consigo umas quantas ovelhas sem qualquer ponta de vontade própria e discernimento. Acho incrível como se conseguem odiar, detestar, desprezar seres humanos por simples vaidade. E melhor, tentar demonstra-lo sempre que possível como se de um objectivo de vida se tratasse. Pessoas mais chegadas já me quiseram fazer ver, e começo a acreditar que sim, que tais comportamentos só podem advir de total falta de amor-próprio e auto-estima. Sim, porque acredito piamente que quando estamos bem connosco não temos necessidade de deitar ninguém abaixo para nos sentirmos melhor, apenas sabemos que estamos bem, sentimo-nos bem e o resto não interessa para nada. Ou melhor, tentamos transmitir esse bem estar para quem está ao nosso redor.
Para piorar a minha questão do porquê tanto odio, a rapariga é uma mulher bonita, com presença e até já foi mãe de uma menina muito fofa do dito ex. No entanto, mesmo as suas pseudo-amigas já trataram de comentar (não a mim é evidente) que é uma pessoa de trato muito complicado e até mesmo com pitadas de má-educação. Fico na ignorância pois não faço ideia que tipo de pessoa seja! Afinal...porquê? Que mania esta das mulheres terem sempre alguma coisa que falarem uma das outras e criarem odios de estimação por simples prazer?!? Porque rivalizamos tanto umas com as outras e os homens se deixam arrastar nesses ódios como se tratassem de cãezinhos?
Alguém sabe a resposta? Alguém???

O meu sótão...

Coincidência ou não, desde o post das maias e do carrapato e do facto de me ter esquecido de as colocar à janela na passagem do dia 30 de Abril para 1 de Maio, minha aparição no blog baixou consideravelmente. E porque me tocou no coração receber um comentário do amigo Manoel Eduardo do Blog do Óbvio que reparou na minha ausência, senti necessidade de escrever qualquer coisa. Não, não fui levada pelo carrapato nem ele visitou minha casa por isso continuo sem saber se ele é ou não jeitoso, e sim, as obras do metro continuam nas traseiras de minha casa :)
Esta semana foi um bocadinho mais saudosista que o habitual e senti necessidade de me fechar no casulo! Quem nunca sentiu este tipo de vontade? Desaparecer por uns instantes, fugir do habitual, recolher na concha para colocar as ideias em ordem, colocar os pensamentos nas devidas caixas dentro da nossa mente? Confesso que ainda não terminei de arrumar aqui meu sótão, são anos de desmazelo dentro desta cabeça (e eu até sou arrumadinha)!!! Entre tralhas que já não servem para nada, pequenas coisas que deixo de fora para "olhar" de vez enquando até factos mais recentes que insistem em não ir para o devido lugar e andam aqui de um lado para o outro, tudo tem chateado o meu juízo! Imaginem um sotão pequeno, não minúsculo claro porque o tamanho da cabeça também revela alguma expansão da massa cinzenta, mas aconchegante, vá lá! Prateleiras e mais prateleiras que até arrumadinhas poderiam parecer uma daquelas divisões engraçadas do extreme makeover ou mais humilde do Querido mudei a casa, mas não, ainda há caixas de fotografias, cartas e lembranças pelo chão, livros de recordações e albúns fora do sítio...apresento-vos a minha cabeça :D Pelo menos já consegui tirar alguma tralha de cima do sofá e já me consigo sentar mais relaxada e olhar para a minha desarrumação, planear o que vai para onde, o que fica o que vai...Foi nesse sofá que fiquei esta semana, a relaxar, a contactar comigo mesma e com a minha natureza.
Mas cá estou, viva e bem de saúde para os mais interessados :)
Beijão

Nova filosofia de vida...

"Do not go where the path may lead, go instead where there is no path and leave a trail."

Ralph Waldo Emerson

MIMINHO!!!

Recebi um miminho da Bubbles a quem retribuo com muito gosto. Hip hip hurra!!!

As regras a seguir são:

1 – Colocá-lo no seu blog
2 – Indicar 10 blogues que adore
3 – Informar aos blogs indicados que receberam o selo
4 – Dizer 5 coisas que adorem na vossa vida e porquê

Todas as outras já estão só falta escrever 5 coisas que adoro na minha vida. Não é tarefa fácil, por mais que pareça pois obriga a uma selecção exaustiva de entre uma lista de coisas que realmente gosto.
Adoro:
Minha família, claro que sim, mas isso até é ridículo mencionar, mas cá está!
Conviver com os amigos
Namorar, sim, porque não?
Dias de sol e calor q.b. para passear, ler, escrever e etc...
Comida italiana :P

Quanto aos blogues, não vou mencionar 10 pois confesso que ainda ando nisto à pouco tempo e não tenho tantos para mencionar. Oferecer prémios não pode ser assim à toa não é?? Aqui vai:

Pretextos para fugir do real
O amor é um lugar estranho
A pipoca mais doce
Raspas de laranja

kisses

Para reflectir um pouquinho

"The Master does nothing,
yet he leaves nothing undone.
The ordinary man is always doing things,
yet many more are left to be done."

Tao Te Ching