Um dia de reflexão

Se há dia que apetecia-me ficar a sós com o meu pensamento era hoje. Tenho tanto para processar! Precisava de sair de onde estou e vaguear por aí, pensar nos ciclos que terminam e nos que estão a dar início. Não posso dizer que tudo é novidade porque não é, trata-se apenas de aceitar o que sempre foi, olhar com olhos de ver e finalmente fazer a coisa certa. Ontem foi um dia importante, um dia que me marca de certeza, um dia que traz novas perspectivas, novas formas de estar e espero eu uma forma bem optimista de encarar não só o meu presente como o meu futuro. Estou confiante que pelo menos numa parte entrei no meu trilho, e mesmo a medo eu sei que estou a fazer a coisa certa porque tudo em mim diz-me que sim.
O aprendizado estou a recolhe-lo e sei que me servirá de muito nesta nova etapa. Recuso-me a fazer as coisas de modo errado e não colocar em prática o que aprendi. E sinto-me mais forte, mais capaz. 
Se há dia que precisava simplesmente de viver o meu pensamento era hoje e pela primeira vez em muito tempo encaro o meu pensamento de frente, dele não fujo nem me escondo, antes pelo contrário, encontro nele um refugio, sentimentos de bem-estar, paz e uma gratidão imensa. 

Pensamentos

"Eu cuido, corro atrás, peço desculpas, importo-me, preocupo-me mas quando eu desisto...meu desapego é para sempre."

Momento cartoon #48

Tem sempre!!

Think about it

“You may not be her first, her last, or her only. She loved before she may love again. But if she loves you now, what else matters? She’s not perfect, you aren’t either, and the two of you may never be perfect together but if she can make you laugh, cause you to think twice, and admit to being human and making mistakes, hold onto her and give her the most you can. She may not be thinking about you every second of the day, but she will give you a part of her that she knows you can break, her heart. So don’t hurt her, don’t change her, don’t analyze and don’t expect more than she can give. Smile when she makes you happy, let her know when she makes you mad, and miss her when she’s not there.”


B. Marley

Citações

“O único silêncio que perturba é aquele que fala. E fala alto. É quando ninguém bate à nossa porta, não há e-mails na caixa de entrada, não há recados na secretária eletrônica e mesmo assim, você entende a mensagem.

Martha Medeiros

Someday

.

Pensamentos


''Não estou muito interessada no que dizem de mim. Sou a minha pior crítica e a minha maior fã."

Agenda cultural

Fatboy Slim em Portugal!


Directamente de Brighton, Fatboy Slim tornou-se um dos maiores DJ de sempre, produzindo alguns dos temas mais emblemáticos que uma pista de dança já conheceu.
De passagem por cabines nacionais em dois momentos únicos, dia 9 de Fevereiro no Lux Frágil e dia 10 de Fevereiro na discoteca Pacha, em Ofir, Fatboy Slim prepara-se para fazer a festa num formato quase intimista, mas em grande, como nos habituou nestes mais de 15 anos de carreira como um dos mais requisitados músicos electrónicos dos nossos tempos.
Ao vivo, é conhecido por saber ler a pista como mais ninguém sabe, oferecendo ao seu público o melhor da música de dança. Seja para centenas de milhares de pessoas, seja apenas para algumas dezenas, com Norman Cook há sempre a garantia de horas a fio de puro entretenimento musical.

Preço unit.:20,00 €

Fonte: TicketLine

Estar e ser no Porto

Restaurante Ichiban

Em plena marginal da Foz, de fronte para o oceano Atlântico, encontramos um restaurante que se diz mais verdadeiramente japonês, o Ichiban. Com o chef japonês Masaki Onichi à frente da cozinha, pretende diferenciar-se dos restantes restaurantes do género apresentando especialidades mais típicas da cozinha nipónica, com os sabores dos pratos originais, indo para lá do sushi e do sashimi.




Esta tentativa de reflectir da forma mais aproximada a cultura e a gastronomia nipónica, nota-se também na decoração do restaurante, simples e minimalista, mas elegante e muito agradável, com luz natural a entrar através das enormes janelas e com tonalidades claras nas paredes e mobiliário de madeira clara. Cria-se assim um ambiente relaxado e cuidado, que aliado à simpatia e à explicação cuidada dos pratos, torna a refeição numa experiência de descoberta de sabores e uma autêntica aventura pela cultura nipónica.




Restaurante Ichiban
Avenida do Brasil 454
+351 226 186 111
Seg 19:30-23:00, Ter-Qui 12:30-15:00 e 19:30-23:00 (Sex até 2h), Sáb-Dom 12:30-16:00 (Sáb 19:00-2:00)

Fonte: O Porto Cool 

.

Porque eu e tu não podemos estar juntos para pudermos curtir a vida em duo, sem complicações, sem obstáculos, sem dificuldades, apenas a aproveitar o bom da vida?

Moods

Momento musical

Pensamentos

Pelo simples prazer da nossa companhia...
Centenas de pessoas atravessam a nossa vida diariamente. Umas passam bem devagar e aproveitam o trajeto ao nosso lado, outras estão sempre a correr e não tem interesse em observar o caminho conosco, e há aquelas que decidem fazer o mesmo percurso que nós pelo simples prazer da nossa companhia.
As pessoas que fazem parte da última categoria sabem que nem sempre será prazeroso. Elas também reconhecem que muitas vezes o caminho será complicado. Em outras situações irão questionar qual a razão de agirmos de determinada forma enquanto caminhamos. Mas nunca, em hipótese nenhuma, vão achar que o passeio foi em vão.
Amigo de verdade leva-te a sério, leva-te no riso, leva-te no bico, mas leva-te.
Carrega-te para a vida toda!

Fernanda Gaona

Citações


"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momento inesqueciveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Fernando Pessoa

Estar e ser no Porto

Inaugurações Simultâneas @ Miguel Bombarda, 21 JAN 16h

A primeira edição de 2012 das inaugurações simultâneas nas Galerias de Arte, acontece no dia 21 de Janeiro no quarteirão em torno da Rua Miguel Bombarda, a partir das 16 horas. Um sábado de festa em que, para lá das novas exposições de arte contemporânea, animações de rua e diversas intervenções artísticas, é uma oportunidade para conhecer as novas colecções das lojas mais trendy, os espaços alternativos, ateliers de arquitectura e design, visitar o ‘nosso’ CCB, cafés e restaurantes da zona…

SÁB 21 JAN 2012 | 16:00
Inaugurações simultâneas de arte contemporânea
@ zona de Miguel Bombarda
+info Cool Tips: bOmbarda

Fonte: O Porto Cool

Fato

.

Frases soltas

...fico a desejar-te à distância. 
Por vezes quase que te sinto...


Hibiscus

Pensamentos

‎"Então diz que é mentira...

Se não sou teu primeiro pensamento quando acordas.
Se não permaneço em tudo o que tu fazes durante o dia.
Que não sou tua ultima lembrança antes que chegue o teu sono.
E que quando finalmente dormes não sou o teu sonho.
E que quando tocas outra mulher não é meu corpo que imaginas.
Que quando deitas na cama não é minha cintura que buscas abraçar.
Que quando andas pelas ruas não imaginas andarmos de mãos dadas.
Que não sentes vontade de cantar a nossa música e me ver a sorrir de olhos fechados.
Que não esperas pelo dia que eu te ligue só para dizer um olá.
Que não te sentas no metro num banco de dois lugares.
Que não olhas para cama à espera de me veres deitar.
E que não abres os olhos de madrugada à espera de encontrar os meus olhos a olhar-te."


Cáh Morandi

Frases soltas

-Por onde andas?
-No teu pensamento!


Hibiscus



Iniciativa profissional

Apesar de estar a trabalhar estou a iniciar uma busca por algo não só mais motivante mas mais ativo, mais emocionante, que exija mais de mim e das minhas capacidades e que me traga orgulho no que faço. Quero acordar todos os dias de manhã com mais vontade de trabalhar, de exercer as minhas funções e saber que mesmo que seja exigente chego ao final do dia com um sorriso no rosto.
Estou à procura de um novo trabalho. E não me venham com as tretas do costume que está tudo muito difícil e temos que nos aguentar com o que temos e coisa e tal porque disso eu já sei mas não sou de cruzar os braços e passivamente aceitar. Eu quero mais! E tenho de conseguir!

.

Life goes on
It gets so heavy
The wheel breaks the butterfly
Every tear, a waterfall
In the night, the stormy night
She'll close her eyes
In the night
The stormy night
Away she'd fly

And dreams of para-para-paradise
Para-para-paradise
Para-para-paradise


Momento musical

Já chega

Extremamente cansada de estar com gripe... :(

Precisava tanto

.

Alegria nas pequenas coisas

A alegria é o antídoto para o medo. O medo surge se você não desfruta a vida. Se você desfruta a vida, o medo desaparece.
Assim, seja positivo e desfrute mais, ria mais, dance mais, cante mais. Torne-se mais e mais jovial e entusiasmado com pequenas coisas, mesmo com coisas muito pequenas. A vida consiste em pequenas coisas, mas, se você puder trazer a qualidade da alegria a pequenas coisas, o total será extraordinário .
Assim, não espere que algo grandioso aconteça. Coisas grandiosas acontecem - não é que não aconteçam - mas não espere que algo grandioso aconteça. Isso só acontece quando você começa a viver coisas pequenas, comuns, do dia-a-dia com uma mente nova, com um frescor novo, com uma vitalidade nova, com um entusiasmo novo. Aos poucos você acumula, e esse acúmulo um dia explode em puro deleite.
Mas você nunca sabe quando acontecerá. Você precisa apenas continuar a coletar conchinhas na praia. A totalidade se torna o grande acontecimento . Quando você apanha uma conchinha, ela é uma só. Quando todas as conchinhas estão juntas, de repente, elas são diamantes. Esse é o milagre da vida.
Há muitas pessoas no mundo que perdem porque estão sempre esperando por algo grandioso . Não pode acontecer. Algo grandioso acontece somente através de pequenas coisas : comendo, tomando o café da manhã, caminhando, tomando banho, conversando com um amigo, sentado sozinho, olhando para o céu, ou deitado em sua cama sem fazer nada.
A vida é feita de pequenas coisas, Elas são a verdadeira matéria da vida.

Osho

Estar e ser no Porto

Moustache Coffee House

20120108-233741.jpg

20120108-233754.jpg

20120108-233803.jpg

20120108-233817.jpg

20120108-233824.jpg

O Moustache é um café moderno e cosmopolita que fará as delícias de qualquer apaixonado por cafés e pela atmosfera reconfortante de uma cafetaria. O edifício com dois pisos debruçado sobre a Praça Carlos Alberto foi recuperado pelo arquitecto Rui Livramento, procurando criar um equilíbrio na dualidade da relação aberta com o exterior e o recolhimento no interior. Pode-se entrar, chegar ao balcão e pedir um café para levar, ou optar por ficar e desfrutar relaxadamente do ambiente de uma verdadeira coffee house.

O espaço apresenta um aspecto vanguardista mas simultaneamente acolhedor, misturando elementos arquitectónicos originais como o chão em madeira e as vigas no tecto entre os dois pisos, com paredes cruas em betão, confortáveis poltronas azuis e a iluminação intimista dos candeeiros de pé, pormenores decorativos de Paulo Lobo que geram uma agradável vontade de, simplesmente, estar. Um local digno de qualquer capital europeia, onde se pode acompanhar um espresso, capuccino ou latte com boa música, livros e internet wireless, ou mesmo para uma refeição ligeira.

Moustache Coffee House
Praça Carlos Alberto 104, Porto
www.moustache.pt
Seg-Qua 8:00-20:00, Qui-Sáb 8:00-2:00, Dom 14:00-20:00

Fonte: O Porto Cool

.

Pensamentos

Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias a minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.


O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade.

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça.

Digo o que penso, com esperança.
Penso no que faço, com fé.
Faço o que devo fazer, com amor.

Eu esforço-me para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!

Cora Coralina

:D

A vida é feita de altos e baixos, morenos e loiros.

(retirada do fb)

Laugh About It

Mudança de visual drástica

Pois é, então é assim, estou mesmo a pensar em cortar o meu cabelo, ou melhor o meu cabelão. Não porque não goste dele e tenho noção que me deu imenso trabalho conseguir chegar a este tamanho mas porque a minha paixão por cabelos curtos é grande e apetece-me mesmo uma mudança. Tenho andado a fazer algumas pesquisas sobre cortes de cabelo e à procura de cortes em cabelos muito parecidos com o meu, fator muito importante a levar em consideração porque meu cabelo não suporta qualquer tipo de corte. Algumas sugestões que estão a agradar-me:




Estou a ponderar os prós e contras e tudo ficará decidido nos próximos dias. Eu sei a beleza de um cabelo comprido e o meu agrada-me mas está a ficar assim um pouco sem graça. Já pensei em estica-lo definitivamente mas sei que iria sentir saudades do meu volume meio "rebelde", já pensei em encaracolar mas não iria funcionar, minha cara iria desaparecer aqui no meio, portanto sobram duas opções: ou fica como está ou corto curto. Confesso que da-me uma saudade dos tempos em que passava a mão pela cabeça e sentia o cabelo curto...
Ai! Não é uma decisão fácil!!

Pensamentos


Existem amizades que são extensões de nós mesmos.

.

"Keep your dreams alive. Understand that to achieve anything requires faith and belief in yourself, vision, hard work, determination, and dedication. Remember all things are possible for those who believe."


Gail Devers

Quase

Ainda pior que a convicção do não, é a incerteza do talvez, é a desilusão de um quase!
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas ideias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no Outono.
Pergunto-me, à vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna.
A resposta eu sei de cor, está estampada na distância e na frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “bom dia”, quase que sussurrados.
Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor.
Mas não são.
Se a virtude estivesse mesmo no meio-termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Para os erros há perdão, para os fracassos, chance, para os amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar a alma.
Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando…
Fazendo que planeando…
Vivendo que esperando…
Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Fernando Pessoa

Pensamentos

Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida. Como quem não tem o que perder. Como quem não aposta. Como quem brinca somente. Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça. Não espere. Promessas, vão e vem. Planos, se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos, se realizam, ou não. Os olhos se fecham um dia, pra sempre... E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir... E só....!!!

Caio F. Abreu

Ouvidos seletivos!

It's your life. Live it!

Esta música é o meu hino

Eu quero ficar perto
De tudo que acho certo
Até o dia em que eu
Mudar de opinião
A minha experiência
Meu pacto com a ciência
Meu conhecimento
É minha distração...

Coisas que eu sei
Eu adivinho
Sem ninguém ter me contado
Coisas que eu sei
O meu rádio relógio
Mostra o tempo errado
Aperte o Play...

Eu gosto do meu quarto
Do meu desarrumado
Ninguém sabe mexer
Na minha confusão
É o meu ponto de vista
Não aceito turistas
Meu mundo tá fechado
Pra visitação...

Coisas que eu sei
O medo mora perto
Das idéias loucas
Coisas que eu sei
Se eu for eu vou assim
Não vou trocar de roupa
É minha lei...

Eu corto os meus dobrados
Acerto os meus pecados
Ninguém pergunta mais
Depois que eu já paguei
Eu vejo o filme em pausas
Eu imagino casas
Depois eu já nem lembro
Do que eu desenhei...

Coisas que eu sei
Não guardo mais agendas
No meu celular
Coisas que eu sei
Eu compro aparelhos
Que eu não sei usar
Eu já comprei...

As vezes dá preguiça
Na areia movediça
Quanto mais eu mexo
Mais afundo em mim
Eu moro num cenário
Do lado imaginário
Eu entro e saio sempre
Quando tô a fim...

Coisas que eu sei
As noites ficam claras
No raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes
Eu somente não sabia...
Coisas que eu sei
As noites ficam claras
No raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes
Eu somente não sabia...

Agora eu sei...
Agora eu sei...
Agora eu sei...
Ah! Ah! Agora eu sei...
Ah! Ah! Agora eu sei...
Ah! Ah! Agora eu sei...
Ah! Ah! Eu sei!


Pensamentos

"Com o tempo você vai percebendo que para ser feliz com outra pessoa você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o “alguém” da sua vida.
Você aprende a gostar, a cuidar, e principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas…é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final de contas, vai achar não quem estava procurando, mas quem estava procurando você!"

William Shakespeare

Agenda cultural


"É Como Diz o Outro" é uma comédia que relata o dia-a-dia de dois amigos que trabalham juntos, frente a frente. Entre o trabalho, conversam sobre as suas vidas, aspirações, dúvidas, trocam confidências e discutem sobre temas tão complexos como uma receita de arroz de rodovalho ou a escassez da pedra mármore. Esta comédia é baseada nos textos escritos e interpretados por Henrique Dias e Frederico Pombares na rubrica com o mesmo nome, emitida no programa “Cinco para a Meia-Noite”, da RTP 2.

Textos - Henrique Dias e Frederico Pombares
Encenação - Tiago Guedes
Cenografia - José Pedro Penha
Vídeo e Desenho de Luz - Artica.cc
Interpretação - Bruno Nogueira e Miguel Guilherme

Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012 às 21:30 até Domingo, 12 de Fevereiro de 2012 às 19:00

Mais informações: Coliseu do Porto

Tive de partilhar :D

Provérbio Indiano: Taj Mahal? Muda-te!

Conversas de cabeceira X

- Porque te assustas tanto quando toda a gente vai embora e ficas sozinha?
- Eu não fico sozinha. Fico eu e ela...!
- Ela...? Ela quem?
- A minha mente...! É ela que me aterroriza, que logo ao primeiro silêncio espeta a faca no peito!
- O que ela te diz de tão grave assim para não desfrutares da tua companhia descansada?
- Várias coisas, coisas que consigo não pensar quando estou acompanhada, quando tenho uma distração...
- Que tipo de coisas? Morte? É isso?
- Não! Rejeição, solidão...
- Isso existe em ti?
- Eu vivo isso!
- Vives mesmo? Ou é a tua mente que te engana e te leva a crer que o vives? Olha à tua volta!
(...)
- Olha, escuta...ouviste?!?
- O quê?
- O que ela me disse, o que ela me mostrou! É imediato, a dor aparece logo no peito como se me espremesse toda.
- Faz as pazes contigo SM...tu não tens culpa de não ter dado certo, tu não tens culpa de não ter corrido como gostarias porque tu estiveste lá, tu fizeste tudo o que podias, tu lutaste...!
- Ela diz-me que dou o meu melhor e na mesma assim fracasso, que sou uma falhada, que não importa o quanto me esforce nunca será suficiente.
- Confia em ti, a tua mente está magoada, está a ser levada pelo ego e por isso sofres com a rejeição.
- Fiz asneira de novo...
- Eu sei! Mas agora esquece, faz as pazes contigo mesma, tu não poderias ter forma de saber.
- Será que não tinha mesmo?

Momento cartoon #47

Outch

Ontem, pela milionésima vez na minha vida, vi o filme O Segredo. Gosto de o ver de vez enquando quando sinto que estou a desaprender algumas coisas ou quando preciso de ir buscar forças a algum lado e sei que é possível busca-las dentro de mim. Não tive a mesma paciência que das outras vezes, acabei mesmo por vê-lo um pouco que obrigada mas precisava de o ver até ao fim ou pelo menos quase. É assim que me sinto, no limite das minhas forças em que para esboçar um mísero sorriso tenho noção da quantidade absurda de músculos que vou necessitar e por isso não o faço e o meu olhar não esconde nem o brilho das rasas lágrimas que se formam, nem a tristeza que nele habita há já alguns dias. Estou triste, cansada e sem forças.
Vi o filme e percebi nele que quanto mais nos focamos no mau estar que sentimos mais ele continua presente, mais o alimentamos e que escrever repetidas vezes sobre o que estamos a sentir de mau só vai atrair mais sentimentos desses. Por isso estava relutante em escrever estas palavras mas se eu não as digo elas sufocam-me, matam-me, enlouquecem-me! É assim que me sinto, a sufocar, como se tivesse a cada dia a diminuir de tamanho e o mundo tornou-se um sítio gigantesco onde me sinto perdida, sozinha e em pânico.
O meu lado racional luta contra estes sentimentos e tem tido uma capacidade absurda de superação. Não tem sido fácil, não escondo, não tem sido nada fácil e como qualquer animal assustado olho ao meu redor à procura da minha tábua de salvação mesmo sabendo que ela reside em mim, e não vejo nada que possa tirar-me deste sufoco, desta tristeza, deste abismo. Quantas vezes dou por mim a sussurrar por "ajuda-me". Nem sei a quem apelo mas apelo. Tens dias em que acho que vou ficar maluca e vejo-me daqui a uns tempos enclausurada num manicómio qualquer; tem outros dias em que minha pena é tanta que sinto-me triste porque acordei e não queria ter acordado mas mais uma vez o meu lado racional luta pela sobrevivência e não me deixa desistir dessa forma. Mas que seria um alívio isso seria.
Estou sempre à espera que deixe de doer mas não pára. Estou sempre à espera que as respostas para as minhas perguntas surja, mas não vem. Estou sempre à espera que tudo faça sentido, mas não faz. E todos os dias o sentimento é igual, mesmo que em alguns pareça mais fraco, menos intenso e mais suportável, todos os dias ele está cá latente no meu peito, a apertar-me as entranhas, a socar-me o estômago, a queimar-me por dentro. 
E vomitar estas palavras pelo menos faz-me sentir menos indisposta...

Fato

Quem vive de passado é professor de historia. Se não é este o seu ofício, vamos olhar para frente.

.

De volta

E sem mais desculpas o ano de 2012 vai começar a doer mas a valer a pena. Amanhã de volta não só ao trabalho como ao gym, à carga, aos treinos, às aulas, ao zumba e tudo aquilo que faz-me pensar mais no que devo e menos no que não devo.
Estou a mandar a preguiça embora!

Preparados?

He has a point!

Moods

Here I go out to see again
the sunshine fills my hair
and dreams hang in the air
Gulls in the sky and in my blue eyes
you know it feels unfair
there's magic everywhere

Look at me standing
here on my own again
up straight in the sunshine

No need to run and hide
it's a wonderful, wonderful life
No need to laugh and cry
it's a wonderful, wonderful life

Sun in your eyes
the heat is in your hair
they seem to hate you
because you're there
and I need a friend
Oh, I need a friend
to make me happy
not stand here on my own

Look at me standing
here on my own again
up straight in the sunshine

No need to run and hide
it's a wonderful, wonderful life
No need to laugh and cry
it's a wonderful, wonderful life

I need a friend
oh, I need friend
to make me happy
not so alone.......
Look at me here
here on my own again
up straight in the sunshine

No need to run and hide
it's a wonderful, wonderful life
No need to laugh and cry
it's a wonderful, wonderful life

No need to run and hide
it's a wonderful, wonderful life
No need to run and hide
it's a wonderful, wonderful life
wonderful life, wonderful life