3 coisas a fazer para superar qualquer revés na vida

Às vezes, não importa se nos sentimos positivos ou se somos optimistas, algumas coisas na vida inevitavelmente dão errado. E muitas dessas coisas podem estar completamente fora de nosso controle. Talvez a nossa confiança seja traída num relacionamento ou um negócio que estamos a investir cai completamente, ou sentimos-nos desanimados.
Qualquer que seja o problema, não é raro ter uma reacção emocional automática para a situação: frustração, ansiedade e talvez até mesmo raiva.
Mas contratempos como estes não têm necessariamente de ser encarados com todo o desânimo e toda a enorme luta que muitas vezes achamos.

Neste vídeo que partilho convosco, Sonia Ricotti compartilha três dicas simples para liberar rapidamente as nossas cargas negativas, mudar a nossa mentalidade e começar a ouvir a nossa voz interior para todas as respostas que precisamos.



Gosto de estar a par destes temas, gosto ainda mais de partilha-los convosco. Podem ser ignorados ou podemos perder uns minutos a ver, a pensar, a nos envolver em algo que pode dar-nos novas ideias, aquele pequeno abanão, o momento a-ha.
Num primeiro momento lutamos contra, estamos cansados destas temas de auto-ajuda, não temos paciência para quem acha que sabe de tudo e se põe a dar conselhos aos outros. mas, na verdade, tenho seguido há muito tema temas de Mindfulness e sinto-me renovada. É um processo gradual, exige paciência mas garantidamente funciona. Quando olhamos para trás percebemos que nosso pensamento mudou, que reagimos de forma mais adulta, mais racional, mais calma às situações e acreditem, tenho várias que já me fizeram trepar paredes.

9 comentários:

  1. O mudar a nossa percepção dos factos é que acho complicado. No exemplo do vídeo, se o chefe grita contigo para mim há-de ser sempre mau. Não sei se consigo fazer uma boa interpretação de um chefe que grita comigo (ainda mais se for à frente de colegas). Acho sempre que isso não é maneira de falar com as pessoas…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mudar qualquer coisa enraizada em nós será sempre complicado mas nunca impossível. E mudar às vezes é mesmo a única solução porque se continuares a fazer o mesmo que fazes sempre, o resultado será será sempre igual. Percebo a questão do chefe, sentimos-nos diminuídos e muitas vezes custa ir para casa com isso na cabeça mas a forma como te deixas influenciar é que pode ser tratada. Há chefes que abusam da sua posição para exercer uma pressão maior, alguns nem educação têm mas isso é um problema deles a partir do momento em que tu sabes que nada do que ele te grita define a pessoa que tu és mas quem ele é.

      Eliminar
    2. Ok, tentar já sei que não é uma alternativa viável... E se eu me comprometer a tentar melhorar a minha auto-estima e não stressar tanto? E vou copiar as frases do post anterior para o meu caderno para as ler mais vezes :)

      Eliminar
    3. Sera sempre viavel se te mantiveres firme a atingir esse objectivo. Mas é bom ler que a vontade está aí, esse é o primeiro passo. Com tempo sera parte de ti, naturalmente.
      Copia à vontade!! Fico contente por partilhar algo util

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Ia jurar que já tinha comentado este post... Se calhar não cliquei em 'publicar'... Bom, não interessa agora.
    Mas tinha escrito algo como: Vi o vídeo e gostei imenso. Tudo o que ela disse faz sentido e até nem é nada de novo, mas parece que ouvidas por outra pessoa têm outro impacto e fazem ainda mais sentido. Pelo menos para mim... Porém, é muito difícil de pôr em prática. Não digo impossível, mas que é difícil é. Nem sempre conseguimos separar o trigo do joio. Mas não custa tentar. Melhor dizendo, só sairemos a ganhar se começarmos a por em prática todos os ensinamentos, ou quase todos... O importante é mesmo começar e depois será naturalmente mais fácil. Pelo menos acredito que será assim... :)

    Espero que agora o comentário siga corretamente. ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É porque por algum motivo o comentário só tinha de chegar agora. Juro que não apaguei nada! :)
      Começar é sempre o mais difícil, começar a andar também foi complicado mas naturalmente o conseguimos. Não falamos em nada que seja contra-natura, é de certa forma, um regressar às origens, a quem somos.
      Mas sim, é complicado, exige de ti, exige atenção, compromisso.
      Vai vendo e lendo mais sobre o assunto até ele passar a ser não uma informação externa mas algo que até tu sentes de dentro para fora.

      Eliminar
  4. Ah! E obrigada pelos comentários de apoio. :)

    ResponderEliminar