A minha vida, o meu segredo

Foi uma decisão tomada ontem e creio ser a mais acertada. Não mais revelarei os meus planos e sonhos até os ver na prática, frente a mim, concretizados. Não entendo porquê mas é quase sempre certo que quando os revelo ou comento de alguma forma ficam pendentes ou sem efeito. Em contrapartida, aqueles que não são verbalizados mas pensados, ganham mais força e acontecem. Talvez porque não ouçam influências negativas, opiniões que desencantam e desiludem e fazem recuar.
A partir de hoje a minha vida será só minha a cada passo que der e o mundo só terá acesso ao final, nunca ao desenvolvimento.
Poderá parecer frieza mas foi uma decisão muito pensada e não tem sido fácil pois sou do género de pessoa que partilha tudo com os mais chegados, todos os projectos, todos os desejos. Fico em pulgas quando tenho algo em mente, e em estados de mais euforia ou num dia mais alegre desbobino tudo como se quisesse partilhar com o mundo a minha alma. Pois bem, não vai acontecer mais. Partilharei com muito orgulho as minhas conquistas e aos mais chegados agradecerei o apoio mesmo que não saibam que o estão a dar. O resto, a minha vida, essa será o meu segredo.

7 comentários:

  1. se acreditares com uita, muita, muita força.. acontece! :)

    ResponderEliminar
  2. Chegues lá ou não é importante que nunca deixes de sonhar. Quanto à tua decisão é tão mais importante quanto acreditares que pode ser fundamental para atingires aquilo a que te propôes.

    Como vês, tal como eu aqui faço há sempre alguém a opinar sobre as nossas vidas. Foge dessa gente, foge de mim. :)

    Um beijo, SM. :)

    ResponderEliminar
  3. Li o teu texto, e sabes que me acontece exactamente o mesmo, quando tenho tudo para dar certo em alguma area e partilho, sim porque eu também adoro contar as minhas aventuras todas e consquistas ... algos se passa que acabam por não acontecer. Se não comento com ninguem, as coisas acabam por dar certo... no creo en las brujas pero que las ai, ai!!! é caso para usar esta celebre frase.
    Sou seguidora do teu blog e gosto muito. Um grande Beijinho* com muita sintonia!!

    ResponderEliminar
  4. Daniela: já acreditava mesmo sem perceber! :)

    JL: sim, o mais importante é nunca deixar de sonhar e acreditar.
    Que opinem não me importo, é sinal que falei e dei abertura para o fazerem e estão à vontade para o fazer.
    Mas o resto, partilharei com o mundo quando não houver hipótese de me escapar pelas mãos.
    Beijo JL.

    Composições de Sofá: bem, fico mais aliviada que não sou só eu a reparar em coisas deste género. Meu receio é que tomassem o texto como uma grande convencida que acha que está rodeada de invejas. Mas não. Tem mesmo a ver com o facto de ouvir opiniões e ficar receosa acabando às vezes por colocar em causa o que desejo. Ainda para mais numa altura em que todos só se queixam e dizem o quanto está mal a vida!!
    E talvez tenhas razão, "que las ai, ai!!" E mais vale prevenir! ;)
    Obrigada pela companhia, é sempre um prazer.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ufa! Não somos as únicas! Desejo te tudo de bom! Muita energia positiva!!!

      Eliminar
  5. Parecendo que não, somos condicionados por todas as opiniões, sejam favoráveis ou reprovadoras do que temos em mente. Por vezes, acabamos por seguir experiências de outros sem criarmos as nossas. Se te dissessem "não toques que está quente", ias seguir o aviso.. mesmo que não soubesses o que era o "quente"! Mas o teu corpo iria ter a necessidade de absorver essa informação e não descansarias até te queimares, e é assim que as coisas têm que ser.. Ouvir quem está cá há mais tempo que nós, não ter medo de errar e aprender com os mesmos, mas acabando por fazer sempre o caminho que queremos fazer!

    ResponderEliminar
  6. Ohhhh :(
    E se eu ficar caladinha e só ouvir o que tens para contar?! Não conta?!
    O que importa é consigas concretizar o que tens em mente e que corra da forma como idealizares!
    No fundo acabo por compreender o que dizes, já cheguei a pensar o mesmo...

    ResponderEliminar