O assassínio da língua portuguesa

Cada vez mais tomo atenção à quantidade de erros ortográficos que malta dá. Seja nas redes sociais ou por mensagens, há pessoas que cometem autênticos atentados à língua portuguesa. O que fascina-me ainda mais é que, em alguns casos próximos, eu sei que até são pessoas letradas ou que até dedicam algum do seu tempo livre à leitura, e portanto, não faz sentido tal acontecer.

Escrever à pressa e cometer um erro, falhar uma letra ou, como acontece-me várias vezes, ter um surto de dislexia e trocar algumas palavras acho perfeitamente normal. Não saber escrever palavras do português fluente, que até proferem várias vezes ao dia mas que no papel são autênticos monstros, não saber conjugar verbos, não ter em atenção o género da palavra consoante quem fala...são coisas que não entendo.

São raríssimas as pessoas que dão-se ao trabalho de, numa frase, ter cuidado com a pontuação. O que acontece, por várias vezes, é que tenho que ler e reler a mensagem para entender o seu sentido. Ainda tem muita boa gente que não faz a mínima ideia do valor que uma simples vírgula tem numa frase. É que tem o poder de mudar o sentido todo...Se com pontuação o sentido e o tom que damos a uma mensagem escrita podem variar imenso e até tornarem-se perigosos pois vão estar dependentes do receptor, imagine-se sem pontuação...grandes guerras mundias podiam gerar-se se muita malta que conheço redigisse textos diplomáticos...

Pior que isso, é ver as pessoas criticarem "a juventude" pela forma estúpida que escrevem, com "x" em vez do "ch" e outros exemplos do género (um uso que até entendo pois nas sms dá um jeito do caraças e poupa tempo e caracteres) mas não têm o cuidado no seu português do dia-a-dia e deformam-no de imensas formas. Ninguém está livre de dar erros, não somos dicionários ambulantes e quem sou eu para apontar o dedo que também os dou, mas corrijo e vou corrigindo-me ao longo do tempo e não me importo nada de ser chamada à atenção para um erro de modo a não voltar a cometê-lo. Falo das pessoas que, mesmo com o passar dos anos, continuam a dar pontapés na gramática, às vezes em situações que até fere-me os olhinhos só de ler...

Vá lá, não custa nada, e a língua portuguesa, apesar do seu tom tão formal, é muito bonita...

SM

Sem comentários:

Enviar um comentário