Hoje apetecia-me...

Hoje eu queria estar a cumprir o meu desejo de consumo #1 de bon vivant e encontrar-me num spa paradisiaco, far, far away, esticadita ao comprido a receber uma estonteante massagem de relaxamento. Humm...como gostaria sim! Começaria o meu dia bem cedinho porque adoro a manhã com um belo de um pequeno-almoço, saudável mas farto, deitaria-me numa espreguiçadeira durante uma meia-horita a contemplar uma bela paisagem longe da confusão e seguiria para meia dúzia de tratamentos de mimo, porque sim, eu mereço! Não mexeria uma palha para nada!!
Um refugiozinho de tudo, descansar a mente e o corpo, entregar-me à preguiça e deixar-me à mercê de mãos estranhas (nada de fetiches...!!!) a descomprimirem os meus músculos.
Como me apetecia carregar no meu inner botão off e por dois dias apenas tratar do meu "porta-alma", meu corpo entenda-se, com tudo o que de bom existe na arte do dolce fare niente.
Eu quero, eu quero...como eu quero!!!

2 comentários:

  1. Oh minha amiga...Eu não queria, eu precisava! Para ver que consigo manter, por pouca que seja, alguma sanidade mental!
    Mas está difícil...

    ResponderEliminar
  2. Bem... junto-me ao gang daqueles q como tu... parece q tb a Elizabete... precisam e merecem uma coisa dessas!
    Dá o primeiro passo: www.booking.com :)

    ResponderEliminar