Sentimentos de treta

PQP se não me cruzo só com merdas...
Não dá para aceitar que só existam pessoas mal intencionadas neste mundo. Estou em crer que as pessoas estão tão à defensiva, tão presas no seu próprio mundo e de tal forma egoístas que já não sabem ser carinhosas, bem-intencionadas, amigas, só querem receber, ter, sentir sem qualquer preocupação pelo bem-estar do outro.
Acreditem que sinto uma tristeza enorme por apenas cruzar-me com este tipo de pessoas na vida. As egocêntricas. 
Pior para mim é que nos atraímos para nós pessoas com a mesma energia portanto devo concluir que estou a jogar à defensiva, com medo de envolver-me, com receio de dar-me a conhecer, mantendo sempre a distância de segurança que permita recuar quando sentimos que vai dar merda. Só posso mesmo pensar que estou a atrair para mim o tipo de pessoa que eu estou a ser para o mundo mas, na realidade, eu não sou nada disso. Não sou egoísta, não sou egocêntrica, não sou má pessoa. 
Não sei no que me transformei para estar a receber o que não quero receber. Quero ter para mim exactamente o oposto do que estou a vivenciar. quero diversão, gargalhadas, sorrisos, boa-disposição, bons momentos mas só consigo ver ilusões, máscaras, falsidades, medos, hipocrisias...
Chega o final do dia e sinto-me desolada pelo vazio que sinto rodear-me.
Onde estão as pessoas que sabem ser amigas, que querem ser amigas, que querem partilhar bons momentos, que querem sentir-se parte de algo especial, que perdure, que tenha significado, que tenha fibra, cojones...algo com interesse para a vida?
Chega de superficialidades, chega!

Sem comentários:

Enviar um comentário