Gato poupado

Ontem depois do jantar decidi ir tomar um café, algo que já não fazia há alguns dias não só para descanso mas também para fazer um bocadinho de companhia ao Ruca que, coitadinho, fica o dia inteiro sozinho (eu sei, eu sei!!). Para que não voltasse a sentir-se abandonado decidi, até um bocado renitente, deixar a tv ligada para dar luz, som e fazer um pouco de companhia. Não gosto nada de deixar coisas ligadas quando ausento-me, por uma questão de segurança e poupança, mas senti-me melhor deixar assim, seria por pouco tempo. Quando regresso e abro a porta de casa espero ver, vinda da sala, alguma claridade quando deparo-me com a casa escura. Ainda meio confusa, porque tenho andado toda trocada, duvidei se teria apagado a tv, sem querer, antes de sair num gesto reflexo contrário ao que pretendia, mas não! Lembrei-me que ao fechar a porta eu vi a luz da tv. Ora, o comando da tv estava em cima da mesa e o Ruca a dormir. Estou em crer que a tv devia-lhe estar a incomodar de alguma forma porque ele desligou-a. Tenho um gato poupadinho! 

Sem comentários:

Enviar um comentário