Seguidores

Aqui há uns dias um seguidor escapou-se cá do blogue! Saiu de fininho mas eu topei pois estou sempre atenta!
Mas também estou atenta ao número de seguidores a aumentar o que deixa-me mais que feliz da vida. É sinal que existem tantos malucos como eu que se identificam com o que publico! Malucos, com todo o respeito e carinho, já sabem. :)
A todos vocês deixo aqui o meu muito obrigada. A sério, OBRIGADA!!!

5 comentários:

  1. Sílvia eu não faço a mínima ideia se fui eu,se já estava como tua seguidora ou não...Esta cena de dois blogues,2 contas google baralha-me toda!Mas ai estou...Se não era eu,passo a ser tua seguidora!Olha como sabes essas cenas,quem foge...
    Eu,às vezes,também deixo de seguir alguns blogues porque pratico o principio da reciprocidade!Creio que não foi o caso...
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Oh Rosinha, não te preocupes que eu não faço ideia de quem abriu o portão e fugiu! Aqui todos são bem-vindos e quem quiser desistir pode regressar quando quiser! :)
    Entendo o principio da reciprocidade, também tento dar feedback mas confesso-te que às vezes faltam-me as palavras para vos acarinhar nos vossos posts. Mas visito-vos a todos!!
    Obrigada!! :)

    ResponderEliminar
  3. Sílvia o principio da reciprocidade é mais o seguir quem me segue,ou o contrário...Em relação às visitas aos blogues dos quais sou seguidora,nem sempre me ocorre algo para dizer e nem sempre tenho disponibilidade para dar o feedback imediato,mas creio que,feitas as contas,deixo sempre um pouquinho de mim em todos!Assim desejo...
    Beijinhos para ti*

    ResponderEliminar
  4. Estamos na mesma onda Rosinha! Penso exactamente o mesmo! Tem alturas que até sinto-me um pouco mal por não ter palavras mas vai mesmo do estado de espírito. Como o que publico, às vezes são apenas parvoices de segundos...mas gosto que as pessoas saibam que também as visito e que gosto!
    E deixas sim um pouco de ti, claro que sim. No final são amizades anónimas que vão-se formando!
    Beijocas

    Nokas: e por falar em ondas, assim até fizeste-me lembrar o mar! Vão e vêm e são sempre bem-vindos!

    ResponderEliminar