Pára

Tens de parar. A única coisa que te digo é que tens de parar. Parar de fugir do que te preocupa e do que te dói.Parar de racionalizar para não sentir. Parar de tornar os teus dias em redemoinhos densos e dramáticos. Pára. Fica. Só.

Começa a considerar que parar é importante. É, mais do que tudo, uma prioridade. Começa a considerar que estares assim, só contigo, é fundamental. Para que possas sentir-te. Para que possas alinhar na vibração da tua essência. Para que possas alinhar na tua mais alta vibração.

Porque, se alinhares na tua mais alta vibração, vais conseguir aceder ao que o céu tem de mais elevado para ti. E se conseguires compreender esta verdadeira função da essência, vais conseguir crescer mais depressa. E chegar mais alto. Como vês, ficar, só assim, parado, quieto, dentro de ti próprio, é um dos
caminhos mais rápidos para a evolução.

E quando, aí, parado, quieto, conseguires sentir-te plenamente e conhecer a fundo a tua vibração, só nessa altura vais poder sair para executar os mais belos projectos na matéria. E nessa altura irás perceber que já consegues ser quem és. E nessa altura irás perceber que valeu a pena.

Alexandra Solnado

6 comentários:

  1. Verdade absoluta. Falo por experiencia. Este ano a morar sozinha...em que tirei tempo para mim...para estar só..para respirar...para me encontrar foi essencial para encontrar o caminho que me faz feliz ;)

    ResponderEliminar
  2. Su: eu faço-o muitas vezes, algumas forçadamente :) Mas tenho conseguido de alguma forma ajudar-me com isso. Penso com mais clareza. Às vezes penso é demais... ;)

    Ju: é uma questão de treino. Consegues! :)

    ResponderEliminar