Estado de espírito...

...na conchinha!!

14 comentários:

  1. E como é isso de estar numa conchinha?!
    Fala pra mim...

    ResponderEliminar
  2. Elisabete: estou...porque me sinto assim...
    Andas desaparecida!

    ResponderEliminar
  3. Ah! Assim...! Mais esclarecida era impossível de ficar!! :)
    Só desapareci por um dia...hoje já estou de volta...

    ResponderEliminar
  4. Não dou esclarecimentos em público!
    Desapareces um dia já perturbas o equilíbrio do ecossistema! :p

    ResponderEliminar
  5. Natural ...

    Gostei tanto do teu Blog que vou segui-lo (:
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Até ai concordo contigo (: ,
    mas infelizmente o miudo estava cheio de problemas de saude.
    Talvez fosse uma maneira de acabar com o sofrimento dele e da mãe .

    ResponderEliminar
  7. Com 6 anos teria ele esse discernimento? Entenderia que a morte era o único caminho?
    Meu receio é que a decisão não tenha sido dele...mas só agora vi a notícia, não acompanhei direito, não quero especular demasiado...

    ResponderEliminar
  8. Obvio que não.
    Mas se for para sofrer mais do que ele já sofria, não sei se foi bom ou mau.
    Eles só deviam ter sido ajudados, principalmente a mãe que sofreu uma depressão pós-parto e agora uma depressão por ter sido despedida e por a sua vida ser um inferno.

    ResponderEliminar
  9. Tudo tem solução Sílvia, menos a morte. Tudo se resolve quando temos uma vida pela frente. A esperança não pode desaparecer assim e ver a morte como solução mais fácil e rápida para acabar com um sofrimento.
    Quantas mães não estão na mesma situação que esta...a segurança social não tem mãos a medir para tantos casos e o sistema de saúde privado é tão caro!!

    ResponderEliminar