Reaprender a amar

Tem vezes que sinto-me aborrecida, triste, melancólica, às vezes em estados confusos e de solidão. Perco-me por entre pensamentos sem nexo, com principio e fim mas sem meios que conduzam a um significado com sentido. 
O que vejo deixa-me perturbada. Ou as pessoas amam-se ou maltratam-se e já nem mesmo entre os amigos escapa alguma animosidade. 
Qual o segredo que está por detrás de fazer alguém gostar de nós? O que é necessário fazer para conseguirmos captar a atenção e cativar a pessoa que gostaríamos que gostasse de nós?
Cada vez mais sou levada a crer que perdi o meu 'mojo', a minha magia, o meu encanto. Já não sei como se faz, como se procede, como é que com o passar da idade dizemos a alguém que é para nós mais do que um amigo, mais do que um rosto na multidão mas aquele rosto que nos acompanha quase a todos os momentos e só não parece em sonhos pela nossa incapacidade de controlo da mente enquanto dormimos. Será que amar é como andar de bicicleta? Ou podemos mesmo desaprender?

3 comentários:

  1. Amar é normal em nós e nunca se esquece. Podemos amar diferentes pessoas, de diferentes formas, mas nunca deixamos de amar...
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Não desaprendemos...apenas vamos criando muralhas à nossa volta para que não passemos o tempo a levar "porrada". :(

    ResponderEliminar
  3. Blackye: tem dias que penso que esqueci mesmo como se faz.. :)

    Blocodenotas: essa das muralhas é mesmo a minha cara! Mas gostava de destruir algumas :)

    ResponderEliminar