Escultura de Joana Vasconcelos







Toda feita de Havaianas!!! Não é o máximo?!?
Será que tem ali o n.º 35?

16 comentários:

  1. 35?? (não conheço ninguém com um pézinho assim!) É capaz de haver, para fazer de unhas do boneco =P

    ResponderEliminar
  2. Passaste a conhecer e ainda te consigo apresentar umas quantas mais! :)

    ResponderEliminar
  3. És baixinha? É que o número mais pequeno que vi foi 36 e tinha praí 1m55

    ResponderEliminar
  4. Sim, sou baixinha. Mas tenho duas amigas que são mais altas e calçam também 35...
    Vá lá, pé pequeno é mais giro! :)

    ResponderEliminar
  5. Sim, e vai ser mais fácil encontrares o teu príncipe já que tens pé de cinderela =P

    ResponderEliminar
  6. (mas deve ser mais difícil encontrar calçado!)

    ResponderEliminar
  7. Não é tão fácil como o 36 e 37 que são os números mais comums nas mulheres. Principalmente em lojas entrangeiras não se encontra. Só mesmo produtores nacionais comercializam a partir do 34!! Mas ainda se encontram coisas giras e não esgotam tão depressa como os outros números. Mas não penses que somos raridade, ainda somos bastantes com pézinho pequeno. E na sandália fica tão mais giro... ;)
    Mas creio que os principes andam com os 36 e 37 na mão... ;)

    ResponderEliminar
  8. Concordo que em sandálias pés pequenos ficam mais giros! Mas 35 tenho que ver como são =P

    E se calhar os príncipes até andam com o 35 nas mãos, mas como serve em tão poucas, já que a maioria são 36/37, é mais difícil te encontrarem ;P

    ResponderEliminar
  9. Um dia publico uma foto do pé! :D
    Os príncipes andam ocupados demais ou desistem de procurar muito cedo!

    ResponderEliminar
  10. As cinderelas também não facilitam muito.. são meninas para, mesmo querendo, não mostrar que o sapato serve, pondo até entraves dizendo "se calhar está apertado" ou chegando mesmo a usar galochas! =P

    ResponderEliminar
  11. Estou a ver que anda meio mundo atrás de outro meio mundo e ninguém se encontra...está tudo tolo! :)

    ResponderEliminar
  12. É mesmo! O que agora mais se ouve é "eu não vou procurar ninguém, nem lutar para que algo aconteça. Vou esperar pois essas coisas não são assim, hão-de vir ter comigo". Depois é ver príncipes com bruxas e cinderelas com sapos! =P

    ResponderEliminar
  13. Pois, não sei se isso se passará com muita gente mas eu creio que à medida que a idade avança e com as experiências vividas, passamos a ser mais exigentes e menos tolerantes. O amor não acontece de forma tão fácil e despreocupada como quando somos mais novos. E depois, achamos que já fizemos demais pelos outros esperando que, de algum modo, a vida nos vá compensar e que o príncipe ou a princesa finalmente nos encontre numa daquelas cenas românticas dignas de filme...

    ResponderEliminar
  14. Pode já não haver tempo para experiências e se querer que o próximo seja para começar uma vida (por já se estar na idade disso), mas para saber é preciso arriscar. É uma situação complicada. É verdade que há mais exigências, que deve preencher mais requisitos, mas começo a pensar se é mesmo aquilo tudo que se quer. Os filmes colocam as nossas expectativas altas.. e só uma pequena parte deve começar assim.
    (Viste o "You've got mail"? Já te mando um! Ahaha)

    ResponderEliminar
  15. É isso...há que arriscar. E há que ter coragem para isso também...

    ResponderEliminar
  16. onde se encontra esta escultura? NY?

    ResponderEliminar