Procuro a minha mente

Não gosto quando falta-me as palavras.
Nunca sei se é bom ou mau sinal!
Não ter nada para dizer aos outros é normal em mim. Sou uma pessoa silenciosa por natureza, e se por ventura estiver a falar demais é porque estou ansiosa ou muito contente, mas não ter palavras para mim mesma deixa-me confusa. Tenho sempre alguma coisa a dizer-me, seja coisa boa ou má. Será porque minha mente sossegou e conseguiu um momento de descontração deitadita na sua chaise longue no meio de toda a confusão interna ou fugiu por umas horas para poder respirar um pouco de alívio?!? Seja como fôr, volta...preciso de ti!

Sem comentários:

Enviar um comentário