Amanhã é o teu dia Rita

Amanhã vai fazer um ano que tu nasceste!
Ainda parece que foi ontem que estava a escrever a notícia do teu nascimento. Foi um dia de enormes emoções depois de dias e dias de interrogações, estados de dúvida, preocupações, ansiedades...
Não foi um caminho fácil até aquele dia, e mesmo depois continuavamos a concentrar as nossas forças em ti e na tua mãe. Mas vocês são umas lutadoras e conseguiram, venceram, superaram. São as maiores e amanhã estaremos todos lá para saudar-vos e acarinhar-vos por isso.
Sem tu saberes ainda eras um feijãozinho quando apareceste na minha vida e mudaste-lhe o curso. Por ti senti que tinha de continuar. Apareceres naquele momento foi como uma luz, um sinal que deveria estar presente para conhecer-te, para ver-te, saber quem tu eras e tem sido um prazer puder fazer parte da tua vida.
Quando vi-te a primeira vez eras o ser humano mais pequeno que algum dia eu tinha visto. Estavas vestida no fato laranja, tamanho zero, que eu tinha-te comprado e como ele ficava-te enorme apesar de ser o mais pequeno! Mal vi-te senti que tinha que ter-te nos meus braços e apesar de todo o receio em magoar-te pelo teu ar tão frágil, abracei-te pela primeira vez e nem queria acreditar que estavas ali comigo.
Cada dia é um aprendizado. Foste acordando para a vida, para o mundo que te rodeia, as pessoas que apenas conhecias as vozes e que começavam a ter formas, caras e sorrisos só para ti. Apreciar como tudo consegue ser novidade para alguém é simplesmente fantástico. Como olhavas para as mãos sem saber o que fazer com elas, os brinquedos, as caretas, o leite e os primeiros sabores das papas. Aprendes tu as coisas simples da vida e reaprendemos nós contigo como as coisas simples da vida são engraçadas e têm de ser valorizadas.
Estás a crescer e tens demostrado uma força incrível. És uma miúda esperta, atenta, que quer conhecer e aprender tudo, que quer ser autónoma e levantar-se sozinha mesmo que isso signifique cair de rabo vezes sem conta.
Adoro quando mostras o teu entusiasmo em ver-me, em brincar comigo. Fazes-me sentir a pessoa mais especial do mundo. Ver o brilho no teu olhar em cada gargalhada, a língua a enrolar num esforço danado em querer falar connosco, o quase "tia" que dizes, o acenar adeus completamente descompassado, o gatinhar constante que adoras perseguindo-nos por toda a casa, os dentes que te dão uma expressão super engraçada, esse mini-corpo tão perfeitinho...são imensas as coisas que fazem suspirar por ti.Tens uma vida pela frente e pessoas não vão faltar para amar-te, amparar-te, sorrir-te durante o trajecto. E a tia estará presente enquanto a vida assim o quiser.
Todos os dias são especiais e devem ser celebrados, mas tem uns mais especiais e amanhã será o teu dia. Pelo menos as palminhas já sabes e a música já não será totalmente desconhecida pelas vezes que a temos cantado nos últimos dias.
Que sejas uma mulher muito feliz Rita, que nunca faltem motivos para sorrir, para olhar para o céu e sentires-te a mais especial do mundo. É o que a tia deseja-te...

2 comentários: