O regresso polémico de Sacha Baron Cohen


Não posso perder esta pérola!!!

Sacha Baron Cohen está de volta com “Brüno”, uma comédia sobre uma vedeta gay da televisão austríaca. Diz, quem o viu, que é gargalhada na certa.

Três anos depois do polémico “Borat”, Sacha Baron Cohen está de volta com “Brüno”, de novo com realização de Larry Charles. Desta vez, Cohen assume os traços exuberantes de uma vedeta gay da televisão austríaca que aposta em triunfar no mundo de Hollywood. Este é também um filme para suscitar muitas discussões, quanto mais não seja porque Cohen volta a desafiar muitos clichés mediáticos sobre homossexuais e heterossexuais. (Fonte: sic.aeiou.pt)...há nele uma lógica de ironia/provocação capaz de desmontar, inteligentemente, as retóricas de espectáculo do mundo televisivo.

E porque a sexualidade do seu humor será tudo menos unívoca, registe-se a crueldade amorosa com que ele se exprime sobre Madonna (no intraduzível inglês de Brüno, com "sotaque" germânico) e as suas várias fases artísticas: "Ich divide Madonna into ze following eras: Puppy Fat (Like Ein Virgin); Skanky Marilyn (True Blue); Tzitzen Out (Vogue, Erotica); Total Scheisse (the 90s); und her current, Transsexual Child Catcher." É caso para dizer: express yourself.

7 comentários:

  1. Esse gajo é um génio!!! E ainda bem que aborda esses temas polémicos...isto tem que levar um abanão!!

    ResponderEliminar
  2. Sílvia, não o conhecia. Gostei. Mas mesmo não conhecendo muito, passo aquí para mandar um carinhoso beijinho. Manoel Eduardo - Brasil.

    ResponderEliminar
  3. Olha k já vi más críticas acerca do filme,principalmente kd comparado c o Borat.Mas acima d td,a nossa opinião é k importa!=)

    ResponderEliminar
  4. Juliana: vou ver se realmente é!
    Beijos

    Dexter: É um génio mesmo! A forma como lida com questões polémicas com a maior descontração é fantástica.

    Blog do Óbvio: obrigada Manoel, beijos carinhosos amigo.

    LittleBunny: não sei, estou a pensar em ir ve-lo hoje e depois digo alguma coisa. Já ouvi dizer que as piadas estão muito bem pensadas, que mexem com assuntos polémicos e que não são para todo o tipo de sentido de humor. Eu gostei do Borat, tirando uma ou outra parte meio para o porca!!
    Beijos

    ResponderEliminar