O meu calhambeque

Ontem coloquei meu carro para fazer a revisão dos dois anos. Nada de especial, apenas verificar filtros, calços e coisas e tal que não entendo mas também não preciso pois para isso existem os mecânicos.

Coisa pouca, pensei eu… mas pensei muito mal. Não fosse a panela do escape estar quase a romper de podre e qualquer coisa no braço da direcção estar com folga e a coisa de simples virou uma conta extensa para pagar.
Quem ficou podre fui eu!!! A pensar que ia gastar uns míseros euros na coisa, aproveitei até a promoção de tapetes que tinham e mudei as matrículas que já estavam a precisar para no final ser presenteada com quase 400€ para pagar. Mereço??? Já não bastava ter gasto no início do mês nos 4 pneus novos para ele puder ir à inspecção sem problemas? Anda uma gaja aqui a trabalhar para sustentar o carro.

Mas a cereja no topo do bolo aconteceu quando ao final da noite, depois de um cafezinho muito bem acompanhada pela Becas, a viatura automóvel decide ter vontade própria e não pegar! Sim, não pegava!!! Não fosse eu já estar habituada a estes distúrbios no meu carro e teria stressado imediatamente. À quinta tentativa lá arrancou e fui para casa a dar-lhe gás a ver se ele desengasgava. Ele e eu, pelas pragas que já estava a rogar aos mecânicos da marca. Ao que parece, dizem os peritos, a limpeza dos filtros soltou partículas de lixo e não deixaram a gasolina chegar ao motor. Pfff…pois, bem me parecia que ele a ar não anda!
Complicado!!!

1 comentário:

  1. os popós só nos dão despesas...mas não passamos sem eles a verdade seja dita:S

    ResponderEliminar