Facebook ou não?

Estou num dilema existencial. Estou farta da minha conta de Facebook mas ao mesmo tempo é algo que distrai-me sempre que preciso de desanuviar. 
Dedicava-me a 100% ao blogue até que, em 2010, por uma curiosidade estúpida, registei-me no Facebook. Já desactivei e activei aquela conta meia dúzia de vezes sempre com a intenção de não mais voltar mas depois a curiosidade é mais forte que eu e lá regresso.
Passei agora a vir mais vezes ao blogue, retomar hábitos antigos, e encontrei muitos blogues que seguia desactivados, abandonados, outros sem qualquer interesse. Apercebi-me que não fui a única a colocar a escrita de lado e apercebi-me também que o encanto já não é o mesmo. A qualidade de muitos textos baixou consideravelmente, os temas passaram a ser demasiado banais e então a vontade de dedicar-me com afinco não é bem a mesma. Por isso mesmo vou mantendo o Facebook activo, para distrair. Se encontrasse no blogue o mesmo escape que tive há dois ou três anos não tinha dúvidas mas assim sinto que fechar a conta do Facebook é afastar-me de tudo. Vida moderna...estranha e estúpida. Parece que nos esquecemos como era a vida antes das redes sociais. 

Sem comentários:

Enviar um comentário