Já dei o primeiro passo para mudar

A vontade de mudar é tanta e já mentalizei-me tão seriamente de que tenho de seguir a minha vida de uma forma completamente diferente da que vivo agora que já estou a enviar currículos para todos os lados do mundo.
Estou virada para pegar nas minhas tralhas e seguir rumo para fora de Portugal, se assim tiver de ser.
Infelizmente para mim, a minha vontade leva-me para sítios longínquos. E confesso que tenho visto propostas deveras interessantes no Brasil e nos E.U.A. Também as há na Europa mas há algo que não me cativa. Parece que continuo demasiado próxima das minhas raízes, demasiado próxima de tudo o que é igual ao que já conheço e o que preciso mesmo é de uma mudança radical.
É assustador pensar em ir para um sítio desconhecido sem as nossas 'muletas', os nossos apoios habituais como são o pai e a mãe mas, por outro lado, já dou por mim a pensar que quem vou encontrar pelo caminho são pessoas como eu, não havendo razão para ter medo. O mundo é a minha casa, todo ele é o meu lar e por isso tenho de sentir-me segura em qualquer lado que vá porque a acontecer alguma coisa de mal até ao sair da cama pode acontecer.
Sou muito sincera, a única coisa que está a prender-me ou que transmite-me mais receio é o meu gato pois ele terá de ir comigo para onde quer que eu vá!! Não há outra solução. É a única parte da minha vida da qual não abro mão, não senhor!
Confesso que este entusiasmo que sinto em mim da-me um outro alento. Não sei se algum dia irá realmente acontecer uma virada de página tão grande mas só o facto de permitir-me sentir-me capaz de o fazer faz-me acreditar mais em mim, no meu potencial. 
Eu sou capaz, sempre fui, mais sozinha do que acompanhada. Se tiver a sorte de encontrar um 'pal' que queira aventurar-se comigo melhor ainda mas não é mais condição obrigatória.

Já agora, se alguém que trabalhe ou viva no Brasil ou nos Estates puder opinar, seria muito bom. Gostava de reunir algumas ideias.

Sem comentários:

Enviar um comentário