Contabilizar problemas

Cada macaco no seu galho, sempre ouvi dizer e é o mais acertado. Não se pode nem se deve, por questões práticas, colocar uma pessoa a fazer o trabalho de outra quando exige níveis de conhecimento diferentes.
Letras, humanidades ou humanísticas como quiserem, área da comunicação são os meus campos de batalha, a minha praia e não são os números. Pela santa, passei a minha vida a fugir dos números porque irritam-me solenemente e agora colocam-me às voltas com lançamentos contabilísticos e códigos que fazem-me sentir um boi (vaca neste caso) a olhar para um palácio!!! 
Não era suposto motivar os funcionários em vez de martiriza-los? Que raio de gestor coloca uma pessoa formada em RP a fazer trabalho de contabilidade, adiciona mais carga de trabalho e nem sequer equaciona a hipótese de adicionar uns quantos euros ao seu milimétrico ordenado? Um gestor português!
Era nascer-te um pinheirinho atravessado...

Sem comentários:

Enviar um comentário