Resoluções para o próximo ano

Não as tenho, nem sei se as deveria fazer. A virada do ano será para mim mais uma noite como todas as outras. Tive acontecimentos em 2011 que significaram muito mais começos do que a passagem de ano poderá vir a significar.
Tem momentos sim que gostava de ter uma listinha de pequenas coisas a mudar, a projetar, a sonhar mas não consigo fazê-la. Poderá ser mesmo por não ter nenhuma resolução a fazer. Dizer que no próximo ano tudo será diferente não me parece, tudo vai manter-se muito parecido. Dizer que vou ser feliz? Quem sabe isso? Apenas posso deseja-lo e olhar a minha vida com outros olhos, com mais esperança, com mais gratidão, com mais coragem e fé de que realmente alguma coisa possa vir a trazer-me momentos bons, já nem digo inesquecíveis, apenas bons. Mas não reclamo. 2011 conseguiu surpreender-me em vários sentidos, pelas coisas boas e pelas más, pelas pessoas que conheci, pelas que perdi, pelas que ainda cá estão, pelos sonhos que vi concretizados. Tive uma lista de desejos o ano que passou e dessa lista de 3 items apenas (e eram apenas 3 porque havia um que achava estar completo), dois deles consegui. Ficou um por fazer o que já não é nada mau. Mas neste ano não vou fazer listinha. Este ano será colocar os quilómetros a zero, respirar profundamente mais vezes, olhar mais vezes o céu, aprender a desfrutar mais da minha companhia e crescer mantendo sempre viva a criança que vive dentro de mim e que essa sim faz-me acreditar que não é pelo ano que vira que tudo começa mas em cada sorriso que consigo esboçar mesmo quando estou sozinha.

Sem comentários:

Enviar um comentário