Há amores que resultam

A história por detrás das bodas de ouro a que assisti é muito bonita e só tive conhecimento dela mais pormenorizadamente neste fim-de-semana.
Depois de distribuídas as lembranças na qual estava uma foto bem antiga da noiva e por detrás um poema é que contaram-me como tudo se sucedeu e percebi assim porque tanta emoção naquela cerimónia.
Há 50 anos atrás eles casavam-se a quilómetros de distância um do outro. Ela em Vila Nova de Cerveira e ele em Moçambique. O casamento foi feito por procuração e nem mesmo a ausência do noivo foi entrave para que esta noiva demonstra-se o seu amor, e envergando o vestido de noiva foi para a capela casar. Ali, não só casava como também orava pela vida do seu noivo que dias antes tinha sofrido um acidente grave de carro e estava no hospital. Nem imagino o aperto naquele coração. O poema é um agradecimento à santa padroeira a quem ela orava e pedia pelo seu noivo, por quem não poderia estar perto e com quem casava naquele dia, ali sozinha. Um agradecimento por passados 50 anos finalmente estarem ali os dois juntos como "noivos", felizes, comovidos pela emoção, por saberem que conseguiram, que mesmo separados conseguiram e que agora ela não estava mais sozinha mas com ele e rodeada dos seus filhos, noras, genros e netos. 
São histórias que parecem acontecer raras vezes na vida mas que nos podem ensinar alguma coisa. A mim aquece-me o coração saber que não é só nos filmes que o amor vence mas que também é possível na vida real. Mesmo que meu coração esteja espremido, magoado, desacreditado, sinto um certo calor invadir-me. Talvez nunca seja a minha sorte, nunca seja a minha altura de um amor acontecer e viver apenas de histórias que me fazem sorrir, mas é bom saber que há pessoas que conseguem, que passam esta vida com uma das coisas que eu mais acho importante: o amor.

3 comentários:

  1. gostei muito desta história, faz-nos sorrir e ter esperança que o amor existe:)

    ResponderEliminar
  2. Por isso a partilhei. Pode ser que encha os corações de coragem daqueles que precisam :)

    ResponderEliminar
  3. O Amor existe... procura-se é sempre nos locais errados.
    Solução.. conhecer pessoas novas.. mas nem sempre as pessoas têm coragem para conhecer estranhos. Anda tudo à volta do grupinho de amigos.. do amigo do amigo.. do amigo do primo... irra!

    ResponderEliminar