Porque a estima pede

Se há coisa que não gosto muito de fazer é de ir ao cabeleireiro talvez porque a minha habitual cabeleireira (paz à sua alma porque nunca mais lá vou) dava-me uma seca enorme para fazer nada de especial. Para mim acabava por ser mais perda de tempo do que propriamente tratar do look. Descobri que afinal aquela profissional que eu até julgava ser a única que conseguia cortar a minha juba, corta o cabelo de uma forma que em poucos dias ele volta a estar espigado. Depois de ter-lhe sido infiel e ter ido a outro lado experimentar outra tesoura, verifiquei que ela não é assim tão boa quanto eu julgava e toca a mudar. Mas hoje vou a um sítio diferente. Há coisas do caraças. Este sítio foi uma amiga que me indicou na altura do seu casamento e até cheguei a ir lá duas ou três vezes mas não só tratava do cabelo como deixava lá o couro na altura de pagar. Acabei por deixar de lá ir. Com o passar do tempo a minha cabeleireira decidiu chamar ao meu cabelo de "grande", lembrou-se, e passei a pagar imenso. Bem, preço por preço e tendo em conta não só que ela me estraga o cabelo e da-me grande seca e que minha irmã saiu do outro com um cabelo lindíssimo, hoje não me escapa. E até fico contente por ir a este. Não sei bem porque razão tenho a mania que os homens trabalham melhor nessa área do que as mulheres e lá são dois homens que tratam o cabelo nas palminhas! A ver se não me arrependo destas minhas palavras até porque tenho o batizado amanha e as fotos ficarão para a posteridade! 
Mas nem é tanto pelo batizado que quero arranjar o cabelo, é mesmo porque preciso de olhar-me ao espelho e ver-me mais bonitinha e arranjadinha para a auto-estima dar aquele brilho que eu gosto.
E nunca mais são 18h30! 

6 comentários:

  1. Ai de quem me cortar demais o cabelo! Nem pensar!

    ResponderEliminar
  2. Depois também não dava para colar :), eu também devia ir cortar, se calhar amanhã de manhã!

    ResponderEliminar
  3. Hoje não serão tesouras a chegar perto do cabelo por isso não me preocupo!
    Eu acho que tu vais ao cabeleireiro sempre na mesma altura que eu... :)

    ResponderEliminar
  4. por acaso... se calhar não sei, eu até tenho ido mais vezes, tenho que mudar de barbeiro, este anda a enganar-me com a máquina 1 a fazer 2 assim tenho que ir lá mais vezes :)

    ResponderEliminar
  5. Esse barbeiro sabe-a toda! Não saias de lá sem estar ao jeito que tu queres! :)

    ResponderEliminar