A busca interminável

Estou tão cansada de procurar...

8 comentários:

  1. O apartamento, ou um bebé chorão? :)

    ResponderEliminar
  2. Mesmo assim...nunca desistas!
    Beijinhos,
    Sofia

    ResponderEliminar
  3. João: é do bébé! Não sei onde o deixei! lol

    Sofia: nunca! :)

    ResponderEliminar
  4. :) boa sorte, o mesmo é não desistir como disse a Sofia

    dei uma vista de olhos nos teus posts antigos e ri-me bastante com a peripécia do rapaz da meo e a tua mãe, fez-me lembrar como era a minha.

    ResponderEliminar
  5. Por acaso é giro que normalmente só encontro aquilo que procuro quando não o estou a procurar...

    ResponderEliminar
  6. João: obrigada! Não desisto pois é uma coisa que quero bastante!
    peripécias tenho várias por aí, e lembro-me bem de ter escrito essa!
    Reparei que usaste o verbo no passado...

    Rodovalho: regra geral eu também mas neste caso tenho mesmo que procurar. Mas aproveita Rodovalho, já que não estás à procura, vê se encontras para mim! ;)

    ResponderEliminar