A dor da saudade por ti...

Pensei que seria mais fácil...Nem sequer tinha qualquer noção de como a dor e a saudade juntas podiam aniquilar um corpo humano.
Não é maluquice, não é farsa, não é capricho, meu corpo está doente por amor. Meus olhos já transparecem a dor da minha alma e não consigo esconder. Sinto a tua falta...Imagino a cada segundo como seria ver-te nem que fosse mais uma vez, dar-te um abraço e olhar-te nos olhos. És demasiado importante para mim para simplesmente abrir mão de ti, do que sinto, do que vivemos. Num misto de coisas boas e coisas más pelo menos estavamos juntos, eu sabia que estavas lá, tu sabias que eu estava aqui. Agora..eu sei que não me queres junto a ti e doi...doi imenso.
Tenho que respeitar o teu espaço e deixar-te seguir o caminho que dizes querer, minha mente sabe o que deve fazer, meu coração pede-me para ignorar teu pedido e correr atras de ti. Por momentos sinto que perdi controlo de mim, dos meus pensamentos, do meu corpo. Minha alma deseja incessantemente ter-te, olhar-te nos olhos e dizer-te o quanto te quer bem. Parte de mim sabe que deixar-te no teu caminho é dizer-te em silencio tudo isso e que ficas melhor assim, mas não consigo...meu Deus, não consigo.
Onde erro para sofrer assim? O que posso fazer para fazer a dor parar? Não sei o que me doi mais, minha alma ou meu corpo.
Ninguem consegue compreender...nem tu! Se ao menos tu percebesses que meu bem-estar está contigo...será que voltavas?
Sinto tua falta...

Sem comentários:

Enviar um comentário