E agora?

Encontrar o nosso caminho deve ser a tarefa mais complicada que temos na vida. Saber exactamente para onde irmos, em que sentido dar o primeiro passo, conseguir ouvir a nossa intuição, a nossa voz interna.
O que sinto, neste exacto momento, é um adormecimento da alma, como se estivesse apenas aqui o meu corpo a vivenciar cada segundo do dia sem qualquer propósito, sem qualquer rumo.
Onde está a motivação? Onde está a consciência que guia-me e ilumina-me quando mais preciso? O que devo fazer agora se tudo o que até agora parecia-me normal simplesmente perdeu o interesse? Sinto que tenho que estar noutro lugar, noutra sintonia, numa energia diferente. Sinto que preciso de um raio de força que, vinda do lado externo e de dentro de mim, expluda, me impulsione, me desperte, me leve a consciência até, pelo menos, ao vislumbre do que devo fazer agora que a vida testa-me de novo.
Fala comigo, por favor, para eu saber que sou precisa para algo...

4 comentários:

  1. Sabes, as perguntas que colocas-te aqui, são aquelas que eu coloquei hoje a mim mesma. Suspirei depois de o ler... afinal, é tudo aquilo que também questiono. Será "loucura" numa altura como esta (desemprego e mais desemprego) que eu, que estou empregada, queira dizer um basta e procurar ser feliz... sem certezas de nada do que virá? Será loucura? Um beijinho... como tu, procuro "uma luz".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não posso achar loucura pois sentia o mesmo que tu há cerca de 3 semanas quando decidi por um basta no emprego que tinha. Também tenho a noção que nada está fácil e quem tem emprego deverá agradecer por isso, mas senti a necessidade de agradecer também por me sentir mais próxima de mim, e, pelo menos, dar-me a oportunidade de tentar mudar algo. Se vai correr bem não sei mas cansei de acordar todos os dias tristonha e desanimada por ir para um sítio que fazia-me infeliz...
      A luz... essa não sei onde está. Talvez dentro de nós. É procurá-la... :)

      Eliminar
  2. Eu continuo a vir aqui quase todos os dias... Talvez precise de ti. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço essa visita tão assídua :)
      No que puder ajudar, ajudo.

      Eliminar