Seca forma de vida

Tenho a noção de que se fosse escrever a história da minha vida seria uma valente seca para os leitores e hipotéticos interessados.
E foi com esta clareza de pensamento que tive a noção de que necessito 'apimentar' mais a minha vida e torna-la mais 'apetecível' não aos olhos dos outros mas aos meus próprios olhos. O fundamental é, primeiramente, vende-la a mim, convencer-me de que trata-se de algo de ser lido e revivido.
Consigo auto-analisar e 'do alto' observar a minha vida. Exteriorizar-me por assim dizer. Nessa observação deparo-me com a mais comum e vulgar existência regada por uma boa dose de 'nada de especial' e uma pitada de 'tudo igual todos os dias'. Não que sinta-me descontente porque sei que tenho mais é que agradecer variadíssimas coisas que acompanham a minha existência mas há uma pequena necessidade de dar uma cor nova a esta forma de estar.
E enquanto escrevo penso em algo que tem-me interessado nos últimos tempos. Hoje fiquei a saber do seu nome...! Quem sabe não tenho um capítulo novo a escrever?

8 comentários:

  1. Se achas que com uma "reviravolta" vais-te sentir melhor... entao força :)

    ResponderEliminar
  2. Humm...não costumamos usar pimenta, mas sim sal, podemos sempre trocar! :)
    E agora as novidades, conta-me tudo! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente não as tenho...gostava de as ter mas está complicado ;)

      Eliminar
  3. Só agora reparei no novo nome do blogue. Por Júpiter, gostei. :))

    ResponderEliminar
  4. É muito importante que consigas realizar essa introspecção! E se precisares dos conselhos de quem já viveu demais, eu estou aqui ;)

    Beijos com charme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito importante e confesso que muito difícil também. Enfrentar os demónios internos e dar-lhes a volta não é fácil.
      Obrigada, todos os conselhos são válidos e aceites. :)
      Beijinhos

      Eliminar